Google, Gmail e YouTube: serviços falham em Portugal e na Europa

Rui Bacelar
Comentar

O motor de busca Google, o serviço de email - Gmail - e a plataforma de vídeos - YouTube, apresentam falhas severas em Portugal e no resto da Europa. A quebra de serviço também se faz sentir no Brasil, Estados Unidos da América, Índia e Japão.

Segundo a plataforma DownDetector que reúne as queixas dos utilizadores e apura o estado do serviço de vários websites e plataformas online, a falha afeta vários serviços Google. As queixas começaram por volta das 11:29, hora de Lisboa.

Os serviços Google apresentam falhas severas em todo o Mundo

Downdetector Falha serviços Google
Mapa avançado pela plataforma DownDetector com as falhas nos serviços Google.

A observação do mapa de falhas mostra-nos uma grande incidência de falhas na Europa. A maior concentração parece dar-se nos países mais a norte, especialmente na Inglaterra, com a Europa Central igualmente afetadas pelas quebras no serviço.

Portugal, de igual modo, apresenta alguns pontos vermelhos, mas com menor expressão. A redação 4gnews registou problemas no acesso às plataformas de vídeo - YouTube - bem como ao serviço de correio eletrónico, o Gmail e a pesquisa de imagens Google.

Até ao momento sem justificação aparente, nem qualquer tipo de comunicado a ser avançado pela gigante norte-americano, os utilizadores estão a recorrer ao Twitter para expressar as suas preocupações. Infelizmente, sem resposta até à data.

O Google, Gmail e YouTube estão em baixo em Portugal

Serviços Google Downdetector

Os principais serviços Google estão inoperacionais, portanto, se não estão a conseguir aceder à pesquisa Google, ao YouTube ou ao Gmail não são os únicos. Estes bastiões estão a sofrer uma falha generalizada do serviço, afetando todo o mundo.

A falha está a deixar milhões de utilizadores frustrados e impedidos de trabalhar. Sobretudo em contexto de teletrabalho, os serviços Google são uma ferramenta crucial para o nosso quotidiano, com a falha a afetar todas as plataformas do mobile, ao desktop.

Entretanto, perante a inundação de queixas, a própria plataforma DownDetector está em baixo, com os seus servidores a terem dificuldades a lidar com o súbito pico de tráfego.

O que fazer entretanto?

Infelizmente não há muito a fazer a não ser manter a calma. A tecnológica estará a par da situação e a trabalhar na reposição dos serviços Google. Até lá, para quem for possível, aconselhamos a guardar os rascunhos de email em meios offline.

Assim que o serviço for reposto noticiaremos o regresso à normalidade. Entretanto, contactamos a representação da Google Em Portugal para aferir o estado dos seus serviços e possíveis causas para o sucedido.

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. É na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e na 4gnews a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.