Google faz mudança importante nos seus sites para a Europa

Carlos Oliveira
Comentar

O Regime Geral de Proteção de Dados (RGPD) em vigor na Europa obrigou as empresas tecnológicas a repensar como os seus sites recolhem informações dos visitantes. A Google foi várias vezes sancionada ao abrigo desta lei, mas agora é tempo de acolher as regras europeias.

Através do seu blog oficial, a Google anunciou um novo comportamento dos cookies presentes nos seus sites na Europa. Essa tecnologia de rastreamento foi totalmente repensada para potenciar a privacidade dos seus visitantes.

Pesquisa Google e Youtube na Europa com novas opções para recolha de cookies

Em breve, os visitantes da Pesquisa Google e Youtube na Europa receberão um novo botão para a política de privacidade. Além dos habituais "Aceitar tudo" e "Mais opções" surge agora o botão "Rejeitar tudo".

Google Cookies

Deste modo, o utilizador poderá facilmente negar a recolha de qualquer informação relativa à sua visita dos sites europeus da Google. Trata-se de uma adição aparentemente simples, mas essencial para que a gigante americana cumpra com a legislação europeia em vigor.

O novo botão obrigou a Google a repensar por completo os cookies implementados nas suas páginas. Deste modo, a gigante americana espera ter conseguido encontrar o equilíbrio entre a privacidade dos visitantes e as ferramentas necessárias para o crescimento de negócios digitais.

A nova página de política de privacidade entrou em fase de testes na Europa no início de abril. Em primeiro lugar, foi implementada na página do Youtube disponível em França.

Em breve, estas novidades serão alargadas ao Espaço Económico Europeu, Reino Unido e Suíça. Com efeito, ainda não temos informações precisas sobre quando estas novas opções serão visíveis também em Portugal.

Os primeiros a serem confrontados com esta novidade serão aqueles que acessem os referidos sites sem estarem ligados à sua conta Google. Também os que naveguem com o modo incógnito dos seus browsers verão as referidas alterações.

Editores 4gnews recomendam:

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.