Google Earth mostra-nos como mudou o mundo entre 1984 e 2020

Rui Bacelar
Comentar

O serviço Google Earth está a receber uma das maiores atualizações desde 2017. Temos agora a possibilidade de ver um timelapse ou intervalo de tempo em 3D que nos mostra a evolução e mudanças no mundo desde 1984, data a que remontam os dados mais antigos.

É uma nova janela indiscreta que nos permite comparar o mundo de outrora com o atual planeta Terra e, quiçá, apurar o impacto do ser humano na nossa única casa. Ao mesmo tempo, serve como testemunho à natureza dinâmica deste pequeno berlinde azul.

Time-Lapse em 3D já disponível no Google Earth

Para implementar esta nova possibilidade a equipa da Google juntou esforços com os académicos da CREATE Lab, integrante da Carnegie Mellon University nos Estados Unidos da América. Foi graças a este trabalho em equipa que o Google Earth recebeu a maior atualização, pelo menos a mais impactante para o comum utilizador, desde 2017.

"Com o time-lapse no Google Earth são compiladas mais de 24 milhões de fotos captadas ao longo dos últimos 37 anos. Foram reunidas para criar esta experiência interativa em 4D", aponta Rebecca Moore, responsável do Google Earth. "Agora qualquer pessoa pode ver o impacto que o tempo tem no nosso planeta, observando cerca de quatro décadas de mudança planetária".

Quatro décadas de evolução planetária disponíveis no Google Earth

Google Earth

Aos interessados que queiram ver os incríveis resultados já disponíveis, basta aceder à página oficial, onde podemos explorar várias categorias. Alternativamente podemos pesquisar pela localização que queremos observar e tirar proveito da nova opção.

Para guiar o utilizador a tecnológica Mountain View compilou uma lista com os principais eventos observáveis na nova ferramenta do Google Earth, a saber:

  • Expansão agrícola
  • Desflorestação
  • Glaciares
  • Grandes infraestruturas
  • Metrópoles
  • Alterações paisagísticas
  • Mineração
  • Desastres naturais
  • Crescimento urbano
  • Canais de água

Por fim, a Google deu a saber que atualizará esta nova função do seu Earth com mais fotos colhidas e adicionadas anualmente. É, portanto, uma janela indiscreta para o passado e uma boa forma de ver as diferenças e dinâmicas do nosso planeta.

"Esperamos que esta perspetiva do nosso planeta dê aso a novos debates, encoraje a descoberta e muda perspetivas sobre alguns dos assuntos mais urgentes da sociedade", acrescentou Moore.

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. É na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e na 4gnews a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.