Google ARCore
A Google lançou oficialmente o ARCore 1.0

Ainda no dia de ontem surgiu a notícia da eminência da chegada da versão final do Google ARCore. Segundo o que havia sido relatado, tal deveria acontecer no decorrer da Mobile World Congress 2018. Pois bem, tal acabou mesmo por se concretizar e eis que a empresa anuncia o Google ARCore 1.0.

O Google ARCore é o SDK da empresa para a Realidade Aumentada. Com este pacote qualquer desenvolvedor pode dotar as suas aplicações com potencialidades de Realidade Aumentada. Sem a necessidade de um hardware especifico, qualquer smartphone poderá usufruir desta tecnologia.

Vê ainda: Samsung Galaxy S9 e S9+ revelados em imagem real antes da apresentação

Este ARCore foi desvendado pela primeira vez em agosto de 2017. Na altura, a Google veio mostrar ao mundo o seu concorrente para o ARKit da Apple. Esta plataforma ficou disponível em fase beta (testes) para um leque restrito de smartphones Android.

Agora, essa fase experimental chegou ao fim. Com a chegada do ARCore 1.0 a gigante das pesquisas quer tornar o processo de desenvolvimento em Realidade Aumentada ainda mais simples e rápido. Esta versão traz consigo uma melhor compreensão do ambiente que nos rodeia. Isto fará com que seja possível colocar objetos imaginários em superficies como cartazes, mobília, caixas de brinquedos, livros, latas e muito mais.

Eis que temos o Google ARCore oficialmente no mercado

Serão 100 milhões de smartphones Android a poderem usufruir desta tecnologia. Números avançados pela empresa de Mountain View. São agora 13 os modelos que suportam esta tecnologia. A lista é composta pelos Pixel, Pixel XL, Pixel 2, Pixel XL 2, Samsung Galaxy S8 e S8+, Samsung Galaxy Note 8, Samsung Galaxy S7 e S7 Edge, LG V30 e V30+, ASUS ZenFone AR e OnePlus 5.

A lista de equipamentos compatíveis deverá crescer nos próximos tempos. Equipamentos de marcas como Samsung, Huawei, Motorola, LG, ASUS, Xiaomi, Nokia, ZTE, Sony e Vivo deverão constar desta lista futura.

A Google pretende levar o seu ARCore para tudo o mundo, sendo que a China não poderia ficar de fora. Nesse mercado, a empresa americana quererá aliar-se a marcas de sucesso como a Huawei, Xiaomi e Samsung. Estes deverão assim distribuir aplicações desenvolvidas ao abrigo desta tecnologia nas suas próprias lojas de aplicações.

Por falar em aplicações, foi também anunciada a chegada das aplicações já criadas à Google Play Store. Todas as aplicações que já tenham sido criadas com o ARCore já poderão ser publicadas na loja da Google.

Assuntos relevantes na 4gnews:

Huawei P20 Plus poderá chegar com valores acima dos 900€

Sem mais segredos: Assim será o Sony Xperia XZ2 e XZ2 Compact

Mobile World Congress (MWC). Xiaomi obrigada a pagar 200 mil euros

Fonte | Via

O gosto por tecnologia foi algo que esteve sempre dentro de mim. Com o crescer do mercado dos smartphones, também o meu entusiasmo com os mesmos aumentou. Já nos tempos livres, as séries são o meu principal passatempo.