Facebook vai a tribunal por copiar (à descarada) o logótipo para a sua criptomoeda

Vitor Urbano
Comentar

Depois de ter agitado o segmento bancário ao anunciar os seus planos para lançar a sua própria criptomoeda, o Facebook continua a ver os seus planos cada vez mais complicados. Especialmente durante esta semana, a Libra tem enfrentado grandes problemas e o seu futuro está cada vez mais sombrio.

Depois de ter visto a PayPal, eBay, Stripe, Visa e Mastercard abandonarem o barco, a rede social está agora a enfrentar um processo em tribunal, acusada de ter copiado o logótipo de uma App bancária. Digamos que este processo em tribunal já era esperado há algum tempo, pois as semelhanças entre os dois logos são por demais evidentes.

this is what happens when you only have 1 crayon left pic.twitter.com/2JY5JfesQD

— Current (@current) 19 de junho de 2019

O aviso já tinha sido lançado há muito tempo

No final de junho, pouco tempo depois do Facebook anunciar a sua criptomoeda Libra e consequente subsidiária "Calibra", a conta oficial no Twitter da App Current lançou o primeiro 'aviso'. Colocando os dois logótipos lado a lado, apenas se limitaram a dizer "isto é o que acontece quando só tens 1 lápis de cera".

As diferenças são tão escassas que no processo contra o Facebook, a Current afirma que o logótipo da Calibra "não é apenas confusamente semelhante, mas virtualmente idêntico ao da Current Marks". Ao olharmos para os dois exemplos, fica claro que o da Calibra é uma cópia evidente, tendo até utilizado a mesma "palete de cores".

Explicação para as semelhanças não justifica a ausência de ação do Facebook

De acordo com a CNBC, ambos os logos foram criados pela mesma empresa de design, a Character. Ao que parece, a empresa está também a ser alvo neste processo, visto que não apresentou muito "carácter" ao copiar o seu próprio design para um novo cliente.

Ainda que tenha sido criado pela mesma empresa, visto que os dois logótipos foram desenvolvidos com três anos de diferença, é pouco provável que tenham sido desenvolvidos pela mesma equipa. Além disso, é óbvio que ambos os designs não são "únicos e inovadores", o que traz ainda mais suspeitas para as atividades da empresa.

Facebook Libra problemas

Mesmo que não tenha sido o Facebook a criar o logo, deveriam ter feito uma pesquisa mínima para verificar que não existiam logótipos semelhantes no mercado. De facto, as semelhanças são tantas que uma rápida pesquisa no Google Images apresenta dezenas de resultados referentes à Current.

Certamente que a implementação, ou flop, da Libra vai ainda dar muito que falar e, parece que o Facebook conseguiu arranjar mais uma bela fonte de problemas.

Editores 4gnews recomendam:

Comentar
Vitor Urbano
Vitor Urbano
Sempre de mão-dada esteve a tecnologia, o desporto e o mundo gaming. Por isso, se não estiver a escrever sobre o que de novo há no mundo da tecnologia, o mais provável é estar a jogar uma partida de Ultimate Team no FIFA 19.