É oficial. Facebook lança este verão a sua alternativa à Clubhouse

Rui Bacelar
Comentar

O Facebook está atento às tendências emergentes, concorrentes e preferências dos utilizadores e, desde meados de 2020 que a Clubhouse se tornou na plataforma sensação. Popularizando as salas de áudio para discussão, o seu sucesso é incontestável.

Era, portanto, uma questão de tempo até que a rede social dominante criasse a sua alternativa de modo a não perder as novas tendências, ou deixar escapar utilizadores. Desse modo, é sem surpresa que damos agora conta dos planos do Facebook.

O Facebook dedicar-se-á seriamente à componente de áudio

Be Heard: Bringing Social Audio Experiences to Facebook https://t.co/EWYiJjfRav

— Facebook Newsroom (@fbnewsroom) 19 de abril de 2021

Através do seu blog oficial, a rede social deu a saber que fará chegar ao público a sua cópia da Clubhouse ao longo dos próximos meses. Chegará gradualmente aos utilizadores, começando por abranger um número restrito de pessoas e regiões.

Sabíamos ser uma questão de tempo até que a tecnológica de Mark Zuckerberg consumasse esta assimilação do ideal da Clubhouse e a integrasse no seu leque de serviços. Agora, temos a formalização dessa intenção com o anúncio das Live Audio Rooms.

As salas de áudio em direto ou ao vivo chegam no verão. Em primeiro lugar ficarão disponíveis para as figuras públicas e influenciadores com o intuito de despertar a curiosidade nos demais utilizadores e espalhar a sua existência.

Expansão gradual do serviço ao longo do verão de 2021

Facebook Clubhouse

Em seguida, ao longo das semanas e meses de verão chegarão gratuitamente à maioria dos utilizadores. A seu tempo, contudo, os utilizadores poderão monetizar estas Live Audio Rooms ao exigir uma tarifa de acesso, um pagamento para entrar na sala.

Este modelo de rentabilização também assumirá os moldes de subscrição mensal. Aí, mediante um pagamento estipulado e recorrente, os interessados poderão entrar numa sala de áudio ao vivo no Facebook e usufruir dos seus conteúdos.

Vale ainda sublinhar que a Clubhouse do Facebook também chegará à sua app e plataforma de mensagens e comunicações instantâneas, o Facebook Messenger.

O utilizador poderá gravar o conteúdo e conversas, distribuindo-as em seguida nestes novos espaços.

São as Live Audio Rooms ou salas de áudio ao vivo no Facebook

Facebook Clubhouse

Para que os utilizadores adiram às Live Audio Rooms o Facebook apresenta também um fundo de fomento para "apoiar os criadores de conteúdo para este formato". Mais ainda, todas as conversas podem ser transformadas em "Soundbites". São pequenos trechos a ser introduzidos futuramente que poderão ser partilhados nas redes sociais, uma amostra que ajudará a atrair novos utilizadores.

Aliás, podemos interpretar os "Soundbites" à luz do TikTok. Pequenos formatos multimédia, de consumo fácil, captação rápida e com forte poder de expansão através das redes sociais. Terão o seu próprio algoritmo na rede social para os dar a conhecer.

Vale ainda frisar que os "Soundbites" serão apresentados no Feed de notícias do Facebook - a página principal da rede social. Isto ajudará o público geral a reparar na novidade, podendo em seguida descobrir mais no espaço reservado para as Live Audio Rooms.

A alternativa ao Clubhouse chegará também ao Messenger

Ainda relativamente aos Soundbites podemos operar uma comparação com os Reels do Instagram, também este formato fortemente inspirado no TikTok. Teremos, gradualmente, uma implementação profunda desta "Clubhouse" no Facebook e no seu Messenger.

Por fim, aponta-se também um interesse da rede social no formato podcast como importante componente de áudio. Algo que se pode materializar numa parceria com a Spotify, ou lançamento futuro de um novo centro dedicado a este formato.

Em síntese, o Facebook está a apostar seriamente no áudio e a sua cópia da Clubhouse é apenas o início.

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. É na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e na 4gnews a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.