Facebook considera comprar Unity para desenvolvimento 3D

António Guimarães

Mark Zuckerberg tem interesse em fazer um investimento bilionário para obter o popular motor de jogos Unity. O CEO do Facebook manifestou a sua intenção após comprar a Oculus por 3 mil milhões de dólares.

Portanto isto de acordo com o livro "A História do Futuro", um livro semi-autobiográfico que aborda as circunstâncias da compra da Oculus.

Nesse sentido, o livro expõe um e-mail ao público previamente enviado por Zuckerberg ao antigo CEO da Oculus e outros líderes do Facebook. No mesmo, o jovem CEO sublinha as vantagens de de investimento na Unity

Zuckerberg considera o investimento necessário para o futuro

Para Mark, é necessário investir em aplicações, plataformas e desenvolvimento de gráficos relacionados com realidade aumentada. Contudo, construir tudo de raíz pode representar um risco para a empresa. Portanto, aí entram empresas como a Unity.

Zuckerberg afirma que cada empresa deve concentrar-se nos seus pontos mais fortes. Assim sendo, a aquisição de empresas como a Unity faz todo o sentido para cobrir áreas como realidade aumentada e virtual através do desenvolvimento de aplicações em 3D.

Primeiramente é claro que o Facebook quer certificar-se da sua supremacia quando se trata das tecnologias de realidade. A compra da Oculus foi o primeiro passo. Além disso, com a compra da Unity, a empresa teria uma grande mão no desenvolvimento de jogos.

Sobretudo, parece que a intenção aqui é manter uma comunidade de empresas a trabalhar sobre a mesma. Neste caso a Unity no departamento de jogos e a Oculus no departamento de realidades.

Em suma, este e-mail é datado de 2015 e foi obtido pelo autor do livro enquanto trabalha com a equipa de relações públicas do Facebook. O livro vai ser lançado nos próximos dias. Embora não haja nenhuma confirmação de compra, o interesse certamente está lá. Como sabemos, quando Mark Zuckerberg quer algo, ele faz tudo para obter.

Editores 4gnews recomendam:

Cópia rara do original Super Mario Bros. vendida por mais de 88 mil euros

Twitter poderá permitir esclarecimento de publicações controversas

Samsung Galaxy S10+ com 12GB de RAM arrasa nos benchmarks

António Guimarães
António Guimarães
Juntamente com os seus atuais companheiros Mi A2 e Surface Go, batalha para elucidar as massas sobre todos os acontecimentos da esfera tecnológica. "Informação é poder" é a frase que o acompanha diariamente. Talvez um dia a coloque numa t-shirt.