Ex-executivo da Nokia aponta 4 razões para o Windows Phone ter falhado!

Filipe Alves
Comentar

Foram momentos de angústia aqueles que levaram o Windows Phone (e consequentemente Windows 10 Mobile) ao falhanço total. Muitos amantes da marca acreditavam no sistema e nos terminais, porém, acabou por se tornar pouco sustentável para a Microsoft continuar com um sistema que poucos compravam.

A concorrência do Android e do iOS era demasiado grande, contudo, não foi o seu único problema. Um dos ex-executivos da Nokia aponta as maiores falhas do sistema operativo e porque falhou estrondosamente no mercado de smartphones.

Windows Phone

1- A Microsoft subestimou o Android:

O ex-funcionário refere que não acreditavam que a Google conseguisse fazer o que fez do mercado. A Nokia (e Microsoft) acreditavam que se evitassem serviços da Google conseguiam chegar lá sozinhos. Pelo menos àqueles clientes que não os utilizavam. Porém, o Google Maps, Youtube, Gmail acabou por ser importante demais e espalhou-se como uma praga. Quando integraram estes serviços já foi tarde demais.

2- Windows 8 arruinou o Windows Phone:

Quando o Windows 8 saiu muitos foram aqueles que reclamaram do sistema operativo para PC. Aliás, (numa nota pessoal) deixei de utilizar computadores Windows no Windows 8 pela sua má qualidade. Isso, segundo o executivo, fez com que os utilizadores associassem o Windows 8 ao Windows Phone 8.

3- Má reputação da Microsoft

As estatísticas indicavam que os jovens não eram os maiores amantes da Microsoft. Esta má reputação e a falta de eficácia na mudança de mentalidade daqueles que não gostavam do serviço, fez também que muitos utilizadores preferissem escolher Android e iOS.

4- Utilizadores do sistema Android e iOS estavam satisfeitos

Por muito que o sistema Windows melhorasse ao longo do tempo, os utilizadores do sistema Android e iOS estavam satisfeitos. O problema foi não conseguirem ter algo mais para dar valor ao seu sistema. Nada de novo que chamasse os utilizadores para o seu amado Windows Phone.

Um ponto que acredito ser importante

Acredito que faltou falar das aplicações. O Windows Phone podia muito bem ter conseguido conquistar utilizadores de equipamentos de gama baixa. Aliás, foram muitos os Lumia que recomendei devido à leveza do sistema operativo. Contudo, a falta de aplicações era simplesmente ridícula.

A total irreverência da sua "loja de aplicações" também. Se repararem a loja de Apps de Android e iOS não são muito diferentes. Os utilizadores que se mudavam para Windows Phone vindos de uma das outras plataformas, perdiam-se na loja de aplicações. No final da aventura saiam de lá sempre sem a aplicação que procuravam porque o desenvolvedor não se deu ao trabalho de a desenvolver.

Editores 4gnews recomendam:

Comentar
Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.