A dor de cabeça de comprar um smartphone Xiaomi

Filipe Alves

Quem nos conhece (e a mim pessoalmente), sabe que somos fãs dos produtos da Xiaomi. A empresa chinesa tem-nos dado equipamentos fantásticos com uma qualidade inacreditável para o preço. Contudo, nem tudo é um mar de rosas.

Comprar um smartphone Xiaomi pode ser uma dor de cabeça desgraçada. Isto se ao comprares não souberes o que estás a fazer e escolheres sempre aquele que é mais barato.

Xiaomi Mi 9 topo de gama

Se conheces os produtos da marca e és tão fã quanto eu, já sabes do problema que estou a falar. Das ROM's. Mas calma. Desta vez não vou bater nas Shop ROM's. Vamos falar das ROM's globais e dos smartphones que chegam com as ROM's chinesas. Porém, temos de ir um passo de cada vez. Para quem não sabe o que estou a falar, passo a explicar.

ROM Global Vs ROM chinesa

Xiaomi Mi 9 topo de gama ROM GLobal

As ROM's são um fator a ter em conta na compra de um smartphone Xiaomi. Temos as ROM's chinesas, software desenhado exclusivamente para a China, e as ROM's Globais, software feito para o resto do mundo.

As ROM's chinesas não trazem nenhuma aplicação Google nem a Play Store instalada. Para os menos conhecedores, os serviços da Google não são autorizados na China. Por isso a Xiaomi prepara smartphones só e exclusivamente para a China. Depois temos as ROM's Globais. Tem menos bloatware (Apps que não precisas) e as Apps da Google instaladas.

Mudar de ROM é simples mas um processo tedioso.

Se por azar, ou distração, compraste um smartphone com uma ROM Chinesa deves estar pelos cabelos com os bugs. Até soubeste instalar a Play Store mas as coisas parecem não funcionar. As notificações são o maior problema. Muitas das vezes só tocam quando abres a aplicação. Isto é sinónimo de problemas com a ROM.

Mudar de ROM não é complicado. Porém, existe um processo de aprendizagem. Tens de desbloquear a bootloader e instalar a ROM Global. (Parece Chinês? Percebes onde quer chegar com a dor de cabeça?)

Visto que tinha aqui alguns smartphones Xiaomi com ROM's chinesas decidi, passado uns bons anos, voltar a brincar com ROM's. Minha mãe do céu... o quanto me chateou. Primeiramente tive de arranjar um PC Windows porque Mac não dá. O processo é todo para computadores com o sistema da Microsoft.

Depois disso lá vou eu desbloquear a bootloader e diz-me que tenho de esperar mais 72 horas. Só porque sim! Ou seja, só passado 72 horas é que consegui voltar à aplicação para a desbloquear. Depois disso é o processo do costume. Instalar uma ROM não é muito diferente daquilo que era há uns anos. Porém, para quem nunca o fez, prepara-te para mais dores de cabeça.

O que fazer antes de comprar um smartphone Xiaomi

Xiaomi Mi Mix 3

Se vais comprar o teu smartphone Xiaomi numa loja em Portugal não tens dores de cabeça nenhuns. Já chegam com a ROM Global e sem problemas. Todavia, se vais olhar para o comércio online confirma sempre que tens a ROM Global. Ou então prepara-te para uma aventura daquelas.

Está na hora da Xiaomi resolver o problema

Há muitas marcas que vendem smartphones na China e no resto do mundo. Huawei, Umidigi, Elephone, Ulefone. Só a Xiaomi é que nos dá esta dor de cabeça. Está na hora da marca resolver o problema. Estamos em 2019. Quando se compra um smartphone é para ser usado e não deixar na gaveta à espera por 72 horas para mudar de ROM.

Editores 4gnews recomendam:

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.