Deteção de acidente do iPhone 14 Pro funciona? Vê em vídeo

Bruno Coelho
Comentar

O iPhone 14 Pro chegou ao mercado na última semana. O novo smartphone da Apple chegou com poucas novidades, sendo que uma das que mais se destaca é a deteção de acidentes (Crash Detection). Esta funcionalidade pretende ajudar os utilizadores, caso se vejam na situação de um acidente rodoviário.

Isto porque o smartphone é capaz de detetar a situação, e imediatamente questionar o utilizador se pretende contactar os serviços de emergência. Nas primeiras análises seria de esperar que a funcionalidade fosse mencionada, mas teria de aparecer o primeiro corajoso a testá-la.

Crash Detection já foi testada por youtuber e (sem surpresas) funciona como esperado

Pois bem, o primeiro corajoso foi o YouTuber TechRax. Este colocou o iPhone 14 Pro no interior de um veículo, e uma GoPro na parte de trás para filmar o momento. Com um skate elétrico a ajudar, este conseguiu movimentar o veículo remotamente, para este embater contra a carcaça de outro.

Tudo foi realizado num campo aberto, num ambiente aparentemente seguro. À segunda tentativa, o veículo embateu contra uma pilha de carros, e foi sem surpresas que a funcionalidade se ativou ao fim de alguns segundos.

O utilizador recebe uma mensagem onde se lê “Parece que estiveste envolvido num acidente”. Caso o utilizador não confirme, o smartphone vai iniciar uma contagem de 10 segundos, após a qual fará a chamada automática para os serviços de emergência. Caso o utilizador não necessite ajuda, pode simplesmente cancelar a ação.

Após uma segunda tentativa, a funcionalidade voltou a ser ativada sem problemas. Acaba por ser um teste feito “para a ciência”, mas que mostra que esta será uma ajuda numa situação de aperto para quem comprar o iPhone 14 Pro. No entanto, é uma funcionalidade que ninguém quererá ter de testar em condições reais.

Editores 4gnews recomendam:

Bruno Coelho
Bruno Coelho
Vive entre a paixão pela escrita, a música e a tecnologia. Licenciou-se em Ciências da Comunicação na Universidade da Beira Interior em 2015, e fez parte da equipa que fundou o Jornal de Belmonte. Produziu vários podcasts independentes pelo caminho. Come especificações ao pequeno-almoço.