Cuidado! Aplicação de scanner foi banida da Google Play Store

António Guimarães
Comentar

A aplicação CamScanner foi considerada perigosa por investigadores da Karspersky, a empresa russa de software de segurança. Foi encontrando malware em várias versões da app, levando à sua eliminação da Google Play Store.

CamScanner já contava com mais de 100 milhões de downloads sendo a app mais popular para fazer digitalização de ficheiros no telemóvel. De acordo com o AndroidPolice, a versão de agosto da aplicação estava livre de malware mas não foi o suficiente para evitar ser removida da Play Store.

O malware identificado é um Trojan Dropper

De acordo com a Karspersky, este tipo de malware executa ficheiros encriptados cuja intenção é transferir ainda mais ficheiros maliciosos. Isto permitia ao CamScanner mostrar anúncios intrusivos ou fazer subscrições pagas em nome do utilizador.

Apesar da versão de agosto não possuir malware, a Google ainda não informou se vai restabelecer a app. A empresa que desenvolveu o CamScanner também não se pronunciou sobre o assunto.

Alternativas ao CamScanner

HP Smart

Embora seja uma aplicação criada para enviar ficheiros do telemóvel para a impressora, a app HP Smart é uma boa opção. Possui opções de digitalização muito completas, permitindo tirar fotografias a documentos e ajustá-las para uso posterior.

Experimenta o HP Smart na Google Play Store

Tiny Scanner

O Tiny Scanner é a app mais simples e intuitiva para digitalização. Tem uma interface limpa, sem grandes intrusões. Podes tirar fotos a todo o tipo de documentos para depois guardares, imprimires ou até mesmo converter para vários formatos, incluindo PDF.

Experimenta o Tiny Scanner na Google Play Store

Editores 4gnews recomendam:

Comentar
António Guimarães
António Guimarães
Juntamente com os seus atuais companheiros Mi A2 e Surface Go, batalha para elucidar as massas sobre todos os acontecimentos da esfera tecnológica. "Informação é poder" é a frase que o acompanha diariamente. Talvez um dia a coloque numa t-shirt.