"Criador do Android" mostra-nos um pouco do seu futuro smartphone

Filipe Alves

Andy Rubin é um dos senhores que há mais de 10 anos começou a desenvolver uma plataforma que veio revolucionar o mundo. É verdade que o iOS e o iPhone foram pontos de viragem, mas se não fosse o Android não tínhamos centenas de smartphones no mercado a preço de ouro.

A plataforma Android hoje domina com mais de 80% de cota de mercado e não é de estranhar. O sistema Operativo é Open Source e existe milhões de aplicações da Play Store prontas para o utilizador melhorar a sua vida.

Vê ainda: Governo do Reino Unido pede a restrição da encriptação no WhatsApp

Depois de se retirar da Google, Andy Rubin, começou uma nova jornada na sua empresa. Já se falou no passado que o "pai do Android" voltaria a fazer aparição no mercado, desta vez, como CEO de uma marca de smartphones que chegaria para revolucionar a tecnologia móvel.

Hoje Andy, publicou uma fotografia no Twitter que deixou muitos amantes do Mi Mix com os cabelos em pé. A fotografia mostra apenas um smartphones com extremidades bastante reduzidas, dando a entender que o seu próximo equipamento será aquele.

Infelizmente nada na fotografia nos indica pormenores concretos do smartphone a não ser os finos bezels e a possibilidade de conexão com LTE+, ou 4.5G.

Andy Rubin já afirmou que deverá apresentar o seu smartphone este ano e acredita que seja um daqueles que vai cair nas graças do público. Entretanto, Andy não é o único que procura um lugar ao sol que este tipo de smartphone. Para além da Xiaomi, Elephone trabalham em smartphones idênticos.

Sem para isso falar do LG G6 que conta com margens finas e o Samsung Galaxy S8 que será apresentado amanhã com uma filosofia idêntica.

Outros assuntos relevantes:

Samsung Galaxy S8 terá novo atalho para aceder à câmara traseira

Governo do Reino Unido pede a restrição da encriptação no WhatsApp

Huawei Honor Note 9 aparece pela primeira vez ao vivo em imagens

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.