ASUS Zenfone 3
A brutalidade e irreverência dos ASUS ROG

A ASUS é um caso de sucesso em Portugal e no Brasil apesar de os motivos para tal serem bastante diferentes. Ao passo que em terras lusas os portáteis ASUS dominam o mercado de informática do outro lado do Atlântico o Zenfone 3 é um dos principais nomes no mercado dos smartphones.

O segmento de informática em Portugal é dominado por marcas como a ASUS que, graças aos seus portáteis Republic of Gamers (ROG) com design agressivo e quase bruto, conseguem cativar o público gamer.

Vê ainda: Asus Zenfone 3S Max apresentado oficialmente por $220

   

São máquinas de diversão com uma imensa capacidade de trabalho. Bom, excluindo-se o trabalho em ArchiCad e ambientes 3D no Asus ROG GL552V como poderá confirmar a nossa autora, Margarida Moura.

Excluindo-se estes casos e modelos pontuais, a ASUS desfruta de uma posição de liderança no mercado português. Sendo líder de vendas de portáteis, monitores, motherboards e placas gráficas, segundo a análise de mercado feita pela GfK, CONTEXT Report, entre outros.
Pessoalmente, a nível de computadores Windows, a ASUS é a minha marca favorita, sobretudo pela robustez e aspecto premium dos seus mais recentes computadores portáteis topo de gama.

Apesar de não ser um gamer consigo perceber as razões que levam tantos consumidores a optar pelos produtos da marca. Apostando no desempenho, fiabilidade e claro na cor, muita cor com os acabamentos e iluminação RGB.

ASUS ROG e ZenBook: Duas realidades

Para quem procura um produto mais seleto, mais elegante e dedicado ao trabalho diário, a linha de equipamentos Zen, onde se incluem os finíssimos portáteis ZenBook, ou os 2-em1 Transformer 3 Pro destacaram-se também em termos de liderança de investigação e desenvolvimento. Uma alternativa com Windows aos computadores portáteis da Apple.

Zenfone 3
O elegante ASUS ZenBook UX390

A marca começa o ano com boas perspectivas de crescimento em Portugal com os seus computadores. Contudo, o segmento dos smartphones ainda precisa de bastante investimento até que o Zenfone 3 seja um nome bem conhecido dos portugueses apesar dos bons indicadores registados.

De acordo com o diretor de operações da Asus no nosso país, Hélder Bastos:

“Iniciámos a comercialização de smartphones no mercado de consumo português, de uma forma mais consistente, baseada numa estratégia localizada, com a nova geração de dispositivos durante o último trimestre de 2016, através do lançamento de quatro modelos Zenfone 3. Os resultados atingidos foram extremamente satisfatórios e bem-sucedidos numa área onde proliferam muitas marcas e onde nos obrigamos a considerar um «newcomer». 

A propósito do tema: 2016- o ano em que o Moto G4 e Huawei P9 Lite definiram o mercado de Gama Média

Zenfone 3: o novo gama média

No que toca ao mercado dos smartphones a ASUS começa a dar os primeiros passos rumo ao sucesso e preferência dos consumidores.

Em Portugal precisará de consolidar a sua posição face às ofertas da Samsung com a sua linha Galaxy A 2017, da Huawei com os seus P9 Lite e P8 Lite (2017). Sem esquecer a promissora BQ com os seus novos Aquaris U e até mesmo a jovem Wiko e os divertidos U Feel.

Estará este Zenfone 3, e muito em breve os ASUS Zenfone 4, aptos a combater um mercado muito preso às marcas tradicionais e respectivas operadoras?

Poderá o Zenfone 3 conquistar o mercado português?

No Brasil o Zenfone 3 rapidamente se tornou num sucesso de vendas. O seu preço apelativo, acabamento elegante e construção com um toque premiumMotorola Moto G4 fizeram dele um adversário perfeitamente à altura do e demais smartphones de gama média.

Com linhas elegantes, acabamento em vidro, estrutra em metal e um preço confortavelmente instalado entre os 300 a 400€, consoante as versões e lojas, o Asus Zenfone 3 começa a conquistar os olhares portugueses.

No Brasil a ASUS só precisa de manter a estratégia que usou com o Zenfone 3, em Portugal deveria fornecer o seu equipamento através das operadoras. Sobretudo quem tem alguns pontos de cliente acaba sempre por optar por um smartphone ao abrigo deste programa de pontos. Esperemos que a marca de Taiwan continue a apresentar bons produtos em 2017 como este seu Zenfone 3.

A meu ver este Zenfone 3 apresenta-se como uma alternativa de peso ao Huawei Nova e mais ainda ao Honor 8. Ambos os equipamentos utilizam o vidro como principal material de revestimento e os tons de azul, branco e dourado assentam-lhes perfeitamente!

Aguardo, com bastante expectativa, o anuncio do sucessor deste Zenfone 3, além de querer ver novos computadores, portáteis e não só, vindos desta tão promissora marca. Esperemos que 2017 nos traga boas surpresas da ASUS.

Outros assuntos relevantes:

Moto G5 Plus – Novos rumores revelam ecrã e características

Asus Zenfone 3S Max apresentado oficialmente por $220

Xiaomi Mi Mix em Branco esgota em menos de um minuto

FonteASUS Portugal
Quando não está a escrever um artigo ou a gravar algum vídeo, o Bacelar tem por hábito saborear um bom livro, descobrir novas bandas sonoras ou simplesmente desfrutar do sol, na companhia de quem mais gosta (MM).