Apple comemora 44 anos de história na indústria da tecnologia

António Guimarães
Comentar

No dia 1 de abril de 1976, foi fundada a Apple Computer Company, por Steve Jobs, Steve Wozniak e Ronald Wayne. Desta forma, a empresa da maçã comemora hoje 44 anos de existência, com vários produtos icónicos no seu longo caminho na indústria.

Curiosidade: Ronald Wayne quis "saltar do barco" dias depois, recebendo 800 dólares pela sua parte da empresa. O engenheiro juntou-se posteriormente à Atari, participando na revolução dos videojogos.

Apple I: a revolução do computador pessoal

dsfsdf

Em junho de 1976, a Apple lançou o seu primeiro produto: o computador pessoal Apple I. Este foi considerado um dos primeiros computadores pessoais a ser montado e vendido. O computador em si assemelha-se a uma motherboard, apenas era necessário juntar o monitor e teclado.

Este pedaço de história tecnológica foi vendido por 666 dólares, com 200 unidades fabricadas originalmente. Em 1977, foi lançado o Apple II, que já tinha capacidades gráficas e sonoras.

Curiosidade: décadas depois, a Apple continua o legado com os Macbooks, iMacs e desktops Mac, sendo a única empresa da era da computação 8-bit que ainda fabrica computadores.

iPod: o derradeiro dispositivo para ouvir música

xsgxd

Lançado em outubro de 2001, o iPod mudou a forma como os utilizadores consumiam música. A era digital de ficheiros de áudio já estava bem implementada com os aparelhos MP3 e MP4. No entanto, com o iPod, a Apple veio unificar toda a experiência, até que os iPods se tornaram verdadeiros iPhones, excepto a capacidade para fazer chamadas.

O primeiro iPod foi lançado com capacidade de 5GB ou 10GB e a famosa "scroll wheel" mecânica. O seu preço inicial foi de 299 dólares. Eventualmente, mais versões foram lançadas como o iPod Shuffle e o iPod Touch, cuja versão mais recente data de 2019.

Curiosidade: o nome "iPod" foi registado originalmente para quiosques de atendimento mas a Apple optou por utilizar esse nome para o dispositivo.

iPhone lançou os padrões para smartphones

Embora não tenha sido o primeiro, o iPhone foi o primeiro smartphone a cimentar vários padrões da indústria que temos até hoje. Desde o ecrã tátil, ao teclado virtual aos gestos de "beliscar" para ampliar fotografias ou mapas, o iPhone foi uma verdadeira revolução.

É impossível não mencionar a mítica apresentação de Steve Jobs, em 2007. Numa apresentação recheada de carisma e entretenimento, o CEO da empresa na altura apresentou o iPhone, um equipamento que juntava as funções de telemóvel, comunicações e navegação na internet de uma forma nunca antes vista.

O ecossistema prevalece, décadas depois

Existem outros equipamentos icónicos criados pela Apple como o iPad, Apple Watch, AirPods e a restante linha de computadores pessoais. No entanto, o maior trunfo da empresa da maçã resume-se ao seu poderoso ecossistema.

A característica que puxa mais os consumidores para a Apple é a integração que todos os seus dispositivos possuem entre eles. Tens um iPhone? Podes comprar um iPad e ter acesso a toda a informação em ambos os equipamentos? Compraste um Apple Watch ou AirPods? Em menos de 1 minuto consegues emparelhá-los com o teu iPhone.

dfsdg

O sistema operativo iOS, cunhado como iPadOS nos iPads, continua a ser melhorado. Nos iPads, a experiência está a tornar-se cada vez mais como um computador, com funções multi-tarefas melhoradas e hardware mais poderoso, no caso dos iPad Pro.

Não há dúvida de que a Apple exagera em alguns aspetos, nomeadamente no preço, onde é mais criticada. De facto, o preço dos seus acessórios como cabos e carregadores torna-se absurdo por vezes. Seja como for, a Apple tem um lugar na história como uma das empresas de tecnologia mais icónicas e reconhecíveis.

Editores 4gnews recomendam:

António Guimarães
António Guimarães
Juntamente com os seus atuais companheiros Mi A2 e Surface Go, batalha para elucidar as massas sobre todos os acontecimentos da esfera tecnológica. "Informação é poder" é a frase que o acompanha diariamente. Talvez um dia a coloque numa t-shirt.