À espera do Google Pixel 7 e Pixel 7 Pro? Data de lançamento provável foi revelada

Bruno Coelho
Comentar

Durante a última Google I/O, em maio, a Google antecipou-se a quaisquer fugas de informação. Anunciou que os smartphones Pixel 7 e Pixel 7 Pro seriam apresentados durante o outono, e revelou na hora o seu design traseiro.

O leaker Jon Prosser, da página Front Page Tech, avançou agora novos dados para a mesa sobre estes futuros smartphones. Esta fonte avançou não só a data de apresentação dos smartphones, como o dia em que chegou ao mercado.

Google Pixel 7 e Pixel 7 Pro serão apresentados a 6 de outubro, segundo Jon Prosser

No mais recente vídeo este afirma que os equipamentos serão apresentados no dia 6 de outubro e entrarão em pré-venda no próprio dia. Uma semana depois, a 13 de outubro, será a data em que começam a chegar aos consumidores e às prateleiras das lojas nos países onde serão vendidos.

Design oficial dos Google Pixel 7 e Pixel 7 Pro
Design oficial dos Google Pixel 7 e Pixel 7 Pro

Esta fonte já falhou algumas das suas previsões no passado. No entanto, deve ser tido em conta que foi Jon Prosser que revelou a data de lançamento dos Pixel 6 em primeira mão, bem como dos Galaxy Z Flip 4 e Z Fold 4 para 10 de agosto.

Por enquanto não existem mais dados oficiais sobre estes smartphones, além do design previamente revelado pela Google. O que parece certo é que usarão a nova geração de processador Google Tensor.

Outra questão que se coloca é se serão vendidos oficialmente em Portugal. Embora os Pixel 6 já possam ser comprados no nosso país sem problemas a partir da Amazon de Espanha, chegam com algumas limitações.

Por exemplo, se comprares um Pixel 6 para Portugal não terás acesso a 5G. Além disso, também não terás acesso a serviços como as chamadas VoLTE e VoWiFi. Isto deve-se a limitações impostas pela própria Google em países onde não vende oficialmente os equipamentos.

Editores 4gnews recomendam:

Bruno Coelho
Bruno Coelho
Vive entre a paixão pela escrita, a música e a tecnologia. Licenciou-se em Ciências da Comunicação na Universidade da Beira Interior em 2015, e fez parte da equipa que fundou o Jornal de Belmonte. Produziu vários podcasts independentes pelo caminho. Come especificações ao pequeno-almoço.