6 bons smartwatches para acabar o ano de 2021 em grande

Mónica Marques
Comentar

Os smartwatches são atualmente dos gadgets mais bem-sucedidos do mercado de wearables.

Conquistaram os utilizadores pelo design, mas sobretudo pela quantidade de funcionalidades úteis que integram.

Preparámos uma lista com seis modelos que primam pela sua qualidade e que no teu pulso podem ajudar-te a acabar 2021 em grande estilo tecnológico.

Huawei Watch 3

Huawei Watch 3

O Watch 3 da Huawei está equipado com um ecrã AMOLED de 1,43 polegadas e uma arquitetura de processador duplo que não só lhe confere um bom desempenho, como também lhe permite uma maior eficiência no processamento de dados.

Disponibiliza mais de 100 modos de treino, sendo que 19 destes são profissionais e incluem desportos para praticar ao ar livre e dentro de portas.

Por fim, nos recursos de saúde, fornece informações sobre a quantidade de oxigénio no sangue, assim como integra seis sensores distintos para monitorizar a temperatura da pele.

Redmi Watch 2 Lite

Redmi watch 2 Lite

O smartwatch da Redmi integra um chip que suporta os quatro principais sistemas de posicionamento global, permitindo-lhe informar o utilizador, da forma mais precisa possível, sobre a sua localização geográfica.

Na saúde, faz a monitorização de oxigénio no sangue, da frequência cardíaca, além de avaliar a qualidade do sono e descanso efetivo do utilizador.

No ecrã de 1,55 polegadas, é possível aceder aos 17 modos profissionais de treino, que incluem modalidades como ioga, para ficar na melhor forma possível nesta reta final de ano.

Amazfit GTR 3 Pro

Amazfit GTR Pro 3

Um dos elementos mais atrativos deste smartwatch da Amazfit é o facto de o seu ecrã AMOLED de 1,45 polegadas ter uma proporção ecrã-corpo de 70,6%, uma das maiores do mercado.

Tem autonomia para 12 dias de utilização moderada com apenas uma carga e inclui no seu "cardápio" mais de 150 modos desportivos que não vão deixar o utilizador descansar muito tempo no sofá.

O Amazfit GTR 3 Pro monitoriza a frequência cardíaca, assim como as calorias gastas, além de que o seu sensor biométrico BioTrackerTMPPG 3.0 avançado 6PD permite monitorizar e rastrear várias métricas de saúde, fazendo uma utilização mais eficiente da luz ótica.

OPPO Watch Free

OPPO watch free

Com apenas 33 gramas, tem peso de pluma, mas é um peso pesado no que diz respeito a funcionalidades.

Faz monitorização contínua do nível de oxigénio no sangue e das variações da frequência cardíaca, para que o utilizador tenha dados atuais e o mais precisos possíveis sobre a sua saúde no momento.

Está equipado com mais de 100 modos de treino que incluem atividades como corrida endurance, máquina elíptica e exercícios de relaxamento.

Samsung Galaxy Watch 4

samsung galaxy watch 4

Com o Galaxy Watch 4, o utilizador recebe informações sobre a sua percentagem de gordura corporal, musculoesquelético, água corporal, entre outros dados que permitem monitorizar, de forma precisa, a forma física.

O smartwatch da Samsung integra também o sensor BioActive da marca que mede a pressão arterial e ECG, em tempo real, além de monitorizar a frequência cardíaca.

E sendo o primeiro smartwatch a integrar o WearOS, desenvolvido pela Samsung, permite aceder, de forma rápida e simples, às aplicações favoritas do utilizador, desde as apps de fitness até ao streaming de música.

Apple Watch Series 7

Apple Watch Series

O mais recente smartwatch da Apple apresenta uma superfície de ecrã maior em mais de 50% do que o seu antecessor, mas essa não é a sua única novidade. É que o ecrã do Watch Series 7 agora está sempre ativo, não necessitando de ser tocado para despertar para a atividade

É resistente ao choque, poeira e água e nos recursos de saúde inclui monitorização do oxigénio no sangue e da frequência cardíaca, além de avaliar a qualidade de sono e os níveis de stress do utilizador.

E, segundo a Apple, a nova arquitetura integrada no Watch Series 7 e um cabo de carregamento rápido para USB‑C, alimenta 80% da bateria do equipamento em cerca de 45 minutos.

Editores 4gnews recomendam:

Mónica Marques
Mónica Marques
Como jornalista de tecnologia assistiu à chegada do 3G e outros eventos igualmente inovadores no mundo hi-tech ao longo de mais de 20 anos de carreira.