YouTube toma decisão que vai dividir os utilizadores

Bruno Coelho
Comentar

Tudo começou no início de 2021. O YouTube iniciou um processo experimental em que escondia o número de “não gostos” em vídeos da sua plataforma, como forma de combater a negatividade e “ataques” pessoais.

Agora revela em comunicado que as análises feitas em julho levam à conclusão que o facto de a contagem de “não gostos” ficar escondida desincentiva esse comportamento. Como consequência, foi tomada a decisão de esconder os “não gostos” em todos os vídeos.

Vais deixar de ver o número de "não gosto" no YouTube

É preciso ter em conta que vais continuar a poder colocar “não gosto” num vídeo. O referido botão não vai desaparecer da plataforma. No entanto, ao contrário do que acontece com os “gosto”, os “não gosto” deixarão de ser públicos.

Estes dados ficarão privados apenas para os criadores de conteúdo que partilharam o vídeo. Isto porque os mesmos poderão continuar a ter acesso ao número de “não gosto” de um vídeo seu através do YouTube Studio.

“Criar um ambiente inclusivo e respeitoso onde os criadores tenham a oportunidade de ter sucesso e se sentirem seguros para se expressar”, é o objetivo que o YouTube afirma em comunicado.

Desta forma, o YouTube pretende proteger os criadores de conteúdo, principalmente os menores. Agora resta saber o que pensa a audiência de não ter acesso ao número de “não gosto” de um conteúdo.

Segundo a Google, não existem dados que comprovem que alguém tem menos vontade de ver um determinado conteúdo pelo número de reações negativas estar escondido. A medida já entrou em prática, e em breve deixarás de ver a contagem de “não gosto” em toda a plataforma.

Editores 4gnews recomendam:

Bruno Coelho
Bruno Coelho
Vive entre a paixão pela escrita, a música e a tecnologia. Licenciou-se em Ciências da Comunicação na Universidade da Beira Interior em 2015, e fez parte da equipa que fundou o Jornal de Belmonte. Produziu vários podcasts independentes pelo caminho. Come especificações ao pequeno-almoço.