comscore comscore
Home LifeStyle

YouTube toma finalmente medidas contra desafios e ‘pranks’ perigosas

Ao longo dos últimos anos foram muitos os desafios (‘challenges’) e ‘pranks’ que se tornaram virais no YouTube, rendendo vários milhões de visualizações a muitos utilizadores. Até hoje, a maior plataforma de vídeos nunca tinha feito nada perante estes fenómenos.

Agora, depois de uma vaga de perigosos desafios se espalharem por todo o mundo através do YouTube. A empresa começou finalmente a tomar medidas mais drásticas. Alguns destes desafios acabaram mesmo por ter consequências bastante graves, afetando maioritariamente uma faixa etária mais jovem. Entre os vários desafios, os mais virais foram o ‘Bird Box Challenge’, ‘Fire Challenge’ e ‘Tide Pod Challenge’.

YouTube Pranks Challenges desafios

Com a atualização das suas diretrizes, foi introduzida uma nova secção que aborda diretamente este tipo de conteúdo. A equipa do YouTube salienta que a plataforma foi uma importante ferramenta na viralidade destes desafios e ‘pranks’. Mas, que precisam de garantir que “o que é divertido não ultrapassa o limite e tornar-se perigoso“.

YouTube pode finalmente ver-se livre de ‘challenges’ e ‘pranks’

Estas novas medidas do YouTube acabaram por ser mais extensas do que se poderia esperar. No entanto, na minha opinião pessoal, já estava mais que na altura de pôr um travão nesta vaga de “vulgaridade” que tem inundado o YouTube. Hoje em dia, a maior parte dos ‘criadores de conteúdo’ mais populares da plataforma. Ganham milhares de euros por mês a gravar vídeos que fazem o lendário JackAss um filme para crianças…

Com estas medidas, a empresa vai banir de forma implacável todos os vídeos que apresentem risco de lesões graves ou morte. No entanto, é importante realçar que não irão fazer distinção entre ‘pranks’ reais ou planeadas apenas para ganhar visualizações.

Netflix Bird Box YouTube

Considerando que os mais populares criadores de conteúdo que tiram proveito deste tipo de vídeos têm milhões de seguidores, estas são medidas necessárias. Na sua grande maioria, não têm noção que os milhões de crianças que os seguem diariamente não têm capacidade para distinguir diferenças entre ficção e realidade.

Assim como informou o Mashable, os YouTubers terão um período de adaptação de dois meses, enquanto a plataforma implementa e aperfeiçoa estas novas ferramentas de monitorização. Por fim, parece que finalmente, dentro de alguns meses, iremos voltar a ter um YouTube um pouco mais ‘limpo’.

Editores 4gnews recomendam:

Google está a adicionar nova funcionalidade de gestos ao Youtube

YouTube para a Web recebe alterações no design da página principal

YouTube vai remover funcionalidade popular entre criadores de conteúdo

Nascido em Sintra e a viver em Londres, amante do mundo Android desde o velhinho Galaxy S1 e apaixonado por tudo o que tecnologia envolve. No tempo livre o mais importante é sem dúvida família, música, natureza e... Xbox!