Xiaomi troca estas apps nativas da MIUI por apps da Google

Rui Bacelar
Comentar

Aplicações nativas da Xiaomi, e da sua MIUI, como o Telefone (MIUI Dialer), bem como a app nativa de mensagens são gradualmente substituídas por aplicações equivalentes da Google. Agora, sabemos o porquê desta alteração substantiva a esta componente do software.

Inicialmente cada fabricante de dispositivos móveis, cada marca de telemóveis criava, tendencialmente, as suas próprias versões das mais variadas aplicações e serviços proporcionados pelos seus produtos. O intuito era simples, criar o seu ecossistema e fidelizar o utilizador às suas particularidades e vantagens próprias. Atualmente, contudo, regista-se a tendência inversa.

Xiaomi segue a tendência atual de uniformização com apps Google

Xiaomi

A prevalência da Google como principal fornecedor de serviços web, desde o motor de busca ao correio eletrónico, torna a sua presença um requisito sine qua non, ou objetivamente obrigatório na compra de um novo smartphone. Algo que não passou despercebido à Xiaomi, ainda que esta marca tenha uma das interfaces mais personalizadas, testadas e apreciadas no mercado.

A justificação para tal escolha remete-nos para 2020. Foi então que a Xiaomi deu a saber que todos os modelos de smartphone lançados internacionalmente chegariam com a aplicação Telefone da Google e Mensagens da Google. Desse modo, os utilizadores de smartphones Xiaomi na Europa (EEA ROM), ou com a versão global, deixam de poder usar as supracitadas apps Xiaomi.

Imposições regulatórias e de privacidade levam à adoção das apps Google

Xiaomi
Resposta da Xiaomi através do seu fórum oficial.

Em jeito de resposta às perguntas e preocupações dos utilizadores, através do seu fórum / comunidade oficial, a Xiaomi veio a público pronunciar-se, ou melhor, justificar tal medida. Fê-lo com as imposições europeias de privacidade e segurança que se estendem também a outros pontos do globo.

Sucintamente, para garantir que os utilizadores usufruem do mais alto grau de privacidade e segurança, para si e para os seus dados, a Xiaomi optou por usar mais apps e serviços Google. Como tal, a opção pelos GMS (Google Mobile Services), não só é preferencial, como também será gradualmente reforçada, de acordo com a própria Xiaomi no documento colocado supra.

Sabemos que a MIUI é uma das interfaces mais apreciadas junto dos utilizadores de smartphones Android. Entre os motivos para tal estão as suas amplas capacidades de personalização, design minimalista e alguns pontos de contacto com o iOS, da Apple.

De qualquer modo, a MIUI continua a proporcionar várias aplicações próprias como o Gestor de Ficheiros, Calculador, Música, Gravador e uma miríade de outras apps para funções diversas. Caso a necessidade surja, contudo, poderemos ter mais aplicações Google onde antes figuravam apps da própria marca.

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. Ocupa-se com as novidades de tecnologia na 4gnews. Email: ruifbacelar@gmail.com