Xiaomi poderá regressar ao Brasil através da startup WisePlus

Carlos Oliveira
Xiaomi Brasil WisePlus
Xiaomi poderá estar de regresso ao Brasil

A Xiaomi começou a sua incursão pelo mundo dos smartphones vendendo apenas no seu mercado caseiro. Mas neste momento ela encontra-se em clara expansão, tendo já várias lojas físicas abertas em alguns países europeus, nomeadamente na Espanha. Mas poderá estar para breve um regresso ao Brasil, desta feita com os seus produtos a serem comercializados pela WisePlus.

Vê ainda: OnePlus – Chegaram os descontos de aniversário e claro, o OnePlus 5T

Foi em 2015 que a Xiaomi se expandiu oficialmente para o Brasil. Este foi um dos primeiros mercados fora da China nos quais a tecnológica começou a vender oficialmente os seus produtos. A promessa era simples: manter a qualidade e os preços baixos que sempre a caracterizaram.

Mas a carga fiscal que sobrecarrega aquele mercado acabou por ditar o seu afastamento do mesmo. As vendas ficaram bem abaixo do que a empresa esperava e, dessa forma, foi sem grandes alaridos que a Xiaomi se retirou de terras canarinhas.

Agora, o regresso ao Brasil pode estar muito próximo de acontecer, ainda que por uma via indireta. Desta feita, parece que os produtos da empresa serão comercializados por um intermediário, a WisePlus.

Esta trata-se de uma startup que, em meados do ano passado, pretendia lançar naquele mercado um equipamento com Windows 10 e suporte ao Continuum. Acontece que, afinal, a WisePlus acabou por lançar um gama média com Android.

WisePlus parece querer trazer a Xiaomi de volta ao Brasil

Agora a empresa parece querer regressar ao mercado com novos produtos. Depois de uma prolongada ausência, ela regressou às publicações na sua página do Facebook na qual deixa a antever o início das vendas de produtos Xiaomi já na próxima segunda-feira, dia 18 de dezembro.

Mais ainda, a mesma abriu já um novo site no qual deixa-nos algumas pistas sobre os equipamentos que poderão ser comercializados por si. As pistas recaem sobre os Xiaomi Mi 5X, Redmi 5 e a Mi Band.

A concretizar-se este panorama, temos uma empresa chinesa de regresso a um dos maiores mercados mundiais, ainda que por terceiros. Será importante constatar se os preços praticados ficarão em linha com os praticados noutros mercados mundiais. Veremos aquilo que acontecerá.

Assuntos relevantes na 4gnews:

Huawei P11 será lançado no 1º trimestre, provavelmente no MWC 2018

ASUS lança atualização para o Asus Zenfone 3, 3 Ultra e Zenfone 3 Live

Sony – Especificações de novo topo de gama Android reveladas

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.