Xiaomi Redmi K30 não traz lucro à empresa. Entende porquê

António Guimarães
2 comentários

De acordo com o leaker @TechMate, o Xiaomi Redmi K30 (Mi Note 10 T) possui custos de produção bastante baixos. Isto não seria uma novidade, excepto pelo facto de que o preço de venda é igualmente baixo, não trazendo qualquer lucro aparente para a empresa.

O custo dos componentes necessários para fabricar uma unidade do Redmi K30 5G na versão 6 GB + 64 GB é de cerca de 224 euros, convertidos do yuan chinês. Contudo, este valor é apenas dos componentes, não inclui custos de desenvolvimento, pesquisa, montagem ou marketing.

xiaomi redmi k30

Considerando que o Xiaomi Redmi K30 será vendido por 256 euros na sua versão de 6 GB + 64 GB, isto revela que a Xiaomi até perde dinheiro ao fabricar um telemóvel tão económico. Isto vai de encontro à ideologia da empresa, que já afirmou várias vezes não se importar de perder dinheiro para trazer bons equipamentos e bons preços

É importante salientar que estes preços referem-se ao mercado chinês. É claro que o Redmi K30 irá ter valores mais elevados na Europa mas não irão diferir assim tanto. O Redmi K30 continua a ser um equipamento com excelente relação de qualidade e preço.

Especificações do Redmi K30 5G

  • Ecrã LCD de 6,67" polegadas com resolução Full HD+ e punch hole
  • Taxa de atualização de 120Hz
  • Processador Qualcomm Snapdragon 765G (5G)
  • Até 8GB de memória RAM
  • Até 256GB de memória interna
  • Quatro câmaras traseiras: 64MP (Sony IMX686) + 8MP (ultrawide) + 5MP (macro) + 2MP (profundidade)
  • Dupla câmara frontal: 20MP + 2MP (profundidade)
  • Bateria de 4,500mAh com suporte para carregamento rápido a 30W
  • Android 10, MIUI 11

Editores 4gnews recomendam:

2 comentários
António Guimarães
António Guimarães
Juntamente com os seus atuais companheiros Mi A2 e Surface Go, batalha para elucidar as massas sobre todos os acontecimentos da esfera tecnológica. "Informação é poder" é a frase que o acompanha diariamente. Talvez um dia a coloque numa t-shirt.