Xiaomi prepara-se para voltar a surpreender o mercado de smartphones

Rui Bacelar
1 comentário

À medida que algumas das caraterísticas dos smartphones topo de gama - linha Mi - começam a chegar aos seus dispositivos de gama média, inclusive aos telefones Redmi, a Xiaomi estará já a planear o próximo salto geracional no quesito fotográfico.

Com a popularidade dos ecrãs com alta taxa de atualização a 120 Hz, bem como a popularidade dos sensores fotográficos que compõem as câmaras de 108 MP, o próximo passo será a utilização de novos sensores com até 200 MP de resolução!

Preparem-se para novos smartphones Xiaomi com câmaras de 200 MP

Xiaomi Redmi Note 10 Pro
O Redmi Note 10 Pro custa deste 279 € na Amazon.ES

A Xiaomi tem por hábito - e aí se destaca da concorrência - criar excelentes smartphones de gama média. Tome-se, por exemplo, o Redmi Note 10 Pro à consideração, um smartphone que custa uma fração do Xiaomi Mi 11 Ultra e também ele com boa câmara.

De qualquer modo, a fabricante chinesa já terá definido a fotografia como um dos vetores de aposta. Algo que se materializará na adoção dos próximos sensores ISOCELL da Samsung, tirando proveito da sua resolução máxima de 200 MP.

Estamos perante um rumor sustentado pela publicação Digital Chat Station que advoga a utilização de um sensor principal de 200 MP num dos próximos smartphones Xiaomi. Será, caso seja verídico, a maior contagem de MP's alguma vez usada num smartphone.

A Xiaomi quer "saltar" de 108 MP para 200 MP

Samsung ISOCELL will launch many innovative sensors in 2021.200MP is coming soon.

— Ice universe (@UniverseIce) 9 de janeiro de 2021

Atualmente a maior contagem está nos 108 MP. Trata-se de um sensor desenvolvido pela Samsung e usado pelas mais diversas fabricantes como a Realme, Xiaomi e também a sul-coreana líder de mercado. No entanto, foi a Xiaomi quem mais modelos colocou no mercado com uma câmara de 108 MP, popularizando este padrão.

Ainda assim, sem nunca se acomodar, a empresa de Lei Jun prepara já o próximo estágio. Será graças a um sensor Samsung ISOCELL de 200 MP que tal poderá ser feito. Estamos perante pixeis de 0,64um - dimensão unitária - o que será muito abaixo dos atuais pixeis com 1,4 μm de dimensão.

Note-se que não aumentando o tamanho físico do sensor, para aumentar a resolução é necessário diminuir o tamanho dos pixeis. A célula individual sensível à luz que, agregando informação com os demais pixeis adjacentes (pixel binning), poderá captar mais informação mesmo quando a luz escasseia.

Infelizmente de momento não temos mais informações sobre os próximos sensores Samsung. A exceção sendo a resolução apontada para os 200 MP e agora a sugestão de que será a Xiaomi uma das primeiras a usar tal sensor.

A Xiaomi será provavelmente a primeira a usar este sensor Samsung

As my friend said, Galaxy Z Fold3 uses Snapdragon 888 processor.It is about 13g lighter than Z Fold2.

— Ice universe (@UniverseIce) 20 de abril de 2021

Apesar de para já as certezas escassearem, caso a Xiaomi mantenha o seu calendário de lançamentos podemos contar com novos smartphones de topo na segunda metade do ano. No que lhe concerne, a Samsung poderá também lançar mão destes sensores para a próxima geração de smartphones dobráveis.

Recordamos que este ano a Samsung não lançará um novo elemento da linha Note, concentrando-se agora nos dobráveis.

Consideramos particularmente provável este rumor relacionado com a Xiaomi tendo em conta o histórico da fabricante chinesa de smartphones Android.

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. É na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e na 4gnews a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.