Xiaomi poderá lançar uma Stylus para os seus smartphones

Filipe Alves
Comentar

A Xiaomi pode estar prestes a lançar de forma oficial uma stylus para os seus smartphones. Já há muito que não vimos acessórios destes para os smartphones. Isto claro, se pusermos de lado os modelos "Note" da Samsung.

Esta conversa começou a ganhar mais furor depois de sabermos da nova funcionalidade da aplicação de notas do User Interface MIUI para smartphones Android.

Novidade da Xiaomi MIUI sugere o lançamento de uma stylus para smartphones

Xiaomi MIUI stylus smartphones Xiaomi

A novidade chega na aplicação de notas da MIUI. Na versão Beta chinesa a aplicação está a receber uma novidade chamada "desenho/grafiti".

O problema é que este modo desenho não é prático com a utilização com os dedos. Assim sendo, espera-se que a Xiaomi nos lance um novo gadget para conseguir interagir com a funcionalidade.

Xiaomi MIUI stylus smartphones Xiaomi

Ou isso, ou a Xiaomi prepara-se para dar compatibilidade com gadgets de desenho. Algo que a OPPO e a Meizu já fizeram nos seus smartphones. Porém, todos conhecemos bem a Xiaomi e, escusado será dizer, que um novo gadget é mais que plausível.

Ainda assim, não há informações sobre este possível gadget. A magia da Xiaomi é que não temos de ansiar uma apresentação "grande" para vermos novos gadgets no mercado.

Apple Pencil

A Xiaomi é uma das marcas que não precisa de desculpas para lançar novos produtos para o mercado e não ficaria surpreso ao ver uma stylus em breve.

Resta-nos saber se todos os smartphones seriam compatíveis. Verdade seja dita, seria interessante ver tal característica nos tablets da marca. Algo que já não vimos um forte investimento há algum tempo.

Com as vendas dos iPads a aumentar nos últimos tempos, também não seria descabido imaginar um investimento da marca neste setor.

Editores 4gnews recomendam:

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.