Xiaomi POCO F4 confirmado pela marca! Lançamento global à vista

Bruno Coelho
Comentar

Nos últimos dias muito se tem falado do lançamento do POCO F4. O próximo flagship killer da submarca da Xiaomi teve inclusivamente uma fuga de informação nas últimas horas a dar conta de melhorias nas suas câmaras. Agora chega-nos informação oficial.

Através da conta oficial de Twitter da POCO na Índia, foi confirmada a chegada em breve da nova série F ao país e aos mercados globais. A publicação é acompanhada por uma carta aberta aos fãs.

Its Four o’ clock and as promised we have something very exciting to share…#MadeOfMAD pic.twitter.com/N7fPD6R36p

— POCO India (@IndiaPOCO) 6 de junho de 2022

POCO quer focar-se "na inovação que realmente importa"

Segundo a POCO, o foco desta linha vai continuar a ser em “tudo o que precisas”. Isto significa que se vai focar “na inovação que realmente importa” e entregar um dispositivo perfeito para qualquer necessidade.

Seja para trabalho, entretenimento ou jogos, o POCO F4 vai ter de surpreender. Não há dúvida que a marca fala do POCO F4 quando afirma no início do tweet que “são quatro da tarde”. Para a marca, a eficiência terá ser balanceada com o desempenho.

Ecrã e som serão focos do POCO F4

Não parecem restar dúvidas pelo final do texto que o ecrã e o som serão um dos destaques neste equipamento. A POCO parece querer fornecer uma boa experiência de entretenimento aos utilizadores.

Recorde-se que o POCO F4 GT já foi lançado nos mercados globais, mais focado no segmento gaming e com o processador Snapdragon 8 Gen 1. Este era baseado no Redmi K50 Gaming, embora as fugas de informação apontem para que o POCO F4 seja baseado no Redmi K40S.

A confirmar-se, chegará equipado com o processador Snapdragon 870, com suporte para 5G. A acompanhá-lo são esperados entre 6 e 12 GB de RAM e 128 GB de armazenamento interno. O ecrã esperado é um AMOLED de 6,7 polegadas com resolução Full HD+ e taxa de atualização de 120 Hz.

Editores 4gnews recomendam:

Bruno Coelho
Bruno Coelho
Vive entre a paixão pela escrita, a música e a tecnologia. Licenciou-se em Ciências da Comunicação na Universidade da Beira Interior em 2015, e fez parte da equipa que fundou o Jornal de Belmonte. Produziu vários podcasts independentes pelo caminho. Come especificações ao pequeno-almoço.