Xiaomi acusada de usar obras de arte sem autorização para promover produtos

Bruno Coelho
1 comentário

A Xiaomi usou três peças de arte do artista 3D Peter Tarka para promover alguns dos seus produtos em Espanha. O grande problema desta ação é que a empresa o terá feito sem pedir qualquer autorização ao artista em causa.

A empresa chinesa pegou em três peças de arte diferentes do artista, e combinou-as “mudando apenas a saturação e retocando alguns elementos”, disse Peter Tarka ao The Verge. Por cima das obras de arte, encontramos alguns dos produtos da Xiaomi.

xiaomi espanha peter tarka

A dimensão da “cópia” fica bastante clara quando vemos a obra de arte de Peter Tarka. A imagem em baixo revela-a, e ficamos a perceber que a empresa chinesa apenas trocou alguns elementos por renders dos seus produtos.

peter tark arte

O problema maior é que a questão não se fica por aqui. Na imagem de promoção vemos uma cadeira verde à esquerda e uma lâmpada no teto do lado direito. Estas também são ilustrações de Peter Tarka, que são comissionadas à LG.

peter tarka lg xiaomi

A Xiaomi já apagou a ilustração do seu site espanhol

O artista afirma que ninguém da Xiaomi veio até agora falar consigo na tentativa de licenciar ou comissionar as suas obras de arte. À data de escrita deste artigo, a ilustração em causa já não se encontrava no site espanhol da marca, tendo sido retirada.

Por enquanto, a Xiaomi ainda não se pronunciou sobre este assunto. No entanto, usar o trabalho de outrem sem lhe dar o devido crédito não é algo de que a Xiaomi se possa orgulhar. Ainda para mais quando estamos a falar de uma empresa de nível global.

Editores 4gnews recomendam:

1 comentário
Bruno Coelho
Bruno Coelho
O Nokia 3650 foi o primeiro grande mergulho no mundo tecnológico. Se o Ultimate Team é o seu atual saco de boxe, o Macbook Pro é o melhor amigo. Escrever sobre tecnologia é o processo natural na vida de alguém que come especificações ao pequeno-almoço.