Xiaomi Mix 5 Pro: o próximo smartphone a comprar se valorizam a câmara fotográfica

Rui Bacelar
Comentar

A câmara dos smartphones é um dos principais pontos de venda, bem como um dos aspetos que tem sido continuamente melhorado ano após ano. Com efeito, entre as fabricantes que se têm destacado neste segmento apontamos a Xiaomi. Assim, é com naturalidade que damos a conhecer os mais recentes rumores sobre os próximos smartphones Xiaomi MIX 5 e possível Xiaomi MIX 5 Pro.

Ambos os dispositivos móveis apostarão, sobretudo, na câmara fotográfica para se destacar dos atuais Xiaomi 12 e Xiaomi 12 Pro. Além disso, podemos ter também o Xiaomi 12 Ultra com forte aposta nas câmaras fotográficas a chegar durante o primeiro trimestre de 2022, mas possivelmente ainda sem o novo chip Surge C2 a ser desenvolvido pela tecnológica chinesa.

O chip Surge C2 será o próximo ISP para smartphones da Xiaomi

Após ter dado a conhecer o seu processador de sinal de imagem (ISP) em maio de 2021, o Surge C1 presente nos mais avançados smartphones Xiaomi até ao momento, ficamos agora a saber que a próxima geração está já a ser preparada.

Aliás, contamos com a sua apresentação durante o segundo trimestre de 2022, a ser apresentado junto dos próximos smartphones Xiaomi MIX 5 e Xiaomi MIX 5 Pro com o intuito de melhorar a qualidade de imagem e resultados captados pelos telefones.

Ao mesmo tempo, vemos outras fabricantes como, por exemplo, a OPPO, a seguir este mesmo rumo e apostar no desenvolvimento dos chips e processadores de imagem próprios. Tudo isto contribuirá para um contínuo aperfeiçoar das imagens captadas e produzidas pelos nossos dispositivos móveis.

O Xiaomi MIX 5 chegará com o novo chip Xiaomi Surge C2

Segundo o relato da Xiaomiui o novo processador de imagem é uma das prioridades para a próxima geração de smartphones premium da tecnológica chinesa. Este pequeno componente ficará encarregue da processador vários parâmetros de imagem como, por exemplo, a exposição automática, equilíbrio de brancos, focagem automática, entre outros aspetos.

Ainda de acordo com as informações avançadas pela publicação supracitada, o modelo base - MIX 5 - pode não ter este novo processador, um trunfo a ser reservado para a versão mais avançada, o Xiaomi MIX 5 Pro. Todavia, até ao momento estamos perante fugas de informação e não confirmações oficiais pela própria marca.

Após o MIX Fold a Xiaomi continuará a apostar nos próprios chips ISP

Por outro lado, apontam-se também diferenças no tipo de câmaras e sensores usados nestes dispositivos móveis. A câmara partilhada terá 48 MP, com base nas linhas de código-fonte que chegaram à Internet.

Para o Xiaomi MIX 5 aponta-se ainda uma câmara de 50 MP com OIS, e outra câmara com ampliação (zoom) ótico de duas vezes e resolução de 48 MP. Poderá ainda ter uma quarta câmara de 48 MP com ótica ultra-grande angular de 0,6x.

Para o Xiaomi MIX 5 Pro a câmara principal terá OIS (estabilização ótica) de 50 MP, com as câmaras auxiliares a apresentarem 48 MP (com OIS) e ampliação ótica de até 5x. Terá ainda outro sensor auxiliar de 50 MP com objetiva ultra grande angular.

Para estes dispositivos móveis a tecnológica chinesa deve usar sensores IMX707 e IMX766, ambos fabricados pela Sony. Por fim, a geração MIX 5 pode chegar em março, suprindo o papel e lançamento do possível Xiaomi 12 Ultra.

Editores 4gnews recomendam:

  • 26 excelentes apps e jogos temporariamente grátis na Play Store
  • Xiaomi pode resolver um dos maiores problemas dos smartphones Android
  • Xiaomi Redmi K50: smartphone barato e bom revela mais detalhes importantes
Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. Ocupa-se com as novidades de tecnologia na 4gnews. Email: ruifbacelar@gmail.com