Xiaomi Mi A3: já é seguro atualizar para o Android 11

Rui Bacelar
1 comentário

A 31 de dezembro de 2020 demos o alerta na 4gnews no sentido de os utilizares não instalarem a atualização para o Android 11 nos respetivos smartphones Xiaomi Mi A11. Infelizmente, para alguns, o aviso foi pecou pela demora, mas agora temos óticas notícias.

Assim que a atualização - na versão fatídica - era instalada nos Xiaomi Mi A3, o smartphone não voltava a ligar. Foram várias as queixas nas redes sociais, além do fórum oficial da Xiaomi, afetando sobretudo os utilizadores na Europa.

Já podem atualizar o Xiaomi Mi A3 para Android 11

Xiaomi Mi A3 Changelog oficial
A lista de mudanças oficial do Android 11 para o Xiaomi Mi A3 - changelog.

Felizmente, segundo avança a publicação Gizmochina, é seguro instalar o update neste dispositivo móvel. Em causa está o firmware com o número de compilação 12.0.3.0.RFQMIXM, já a ser distribuído pela Xiaomi, num pacote que pesa 1,40 GB.

Ao que tudo indica, a lista de funções mantém-se, sendo o changelog o mesmo, mas com especial atenção dada à estabilidade do sistema. Mais ainda, também já está incluído o patch de segurança de dezembro de 2020, com correções de vulnerabilidades.

O update retificativo demorou cerca de cinco dias a chegar até aos utilizadores, estando agora a ser distribuído de forma gradual e faseada. Portanto, assim que a notificação de atualização disponível chegar ao vosso telefone Xiaomi, já a podem instalar.

Os smartphones afetados são reparados gratuitamente em Portugal

Xiaomi Mi A3
O smartphone Xiaomi Mi A3, em azul.

Tal como a 4gnews noticiou recentemente, a Xiaomi está a oferecer a reparação das unidades afetadas nos principais mercados globais. Mais ainda, quando questionada pela 4gnews, a representação da Xiaomi em Portugal fez saber que também cá os clientes terão direito à mesma benesse.

Portanto, para os utilizadores portugueses afetados pela fatídica atualização do Xiaomi Mi A3, a reparação é gratuita. A empresa reparadora oficial é a Tamet, com instalações físicas no Porto e Lisboa, mas recebendo unidades de todo o país.

Adenda 6-01-2021:

"Recebemos recentemente a informação da marca que para os equipamentos do modelo Mi A3 as recuperações vão ser realizadas em garantia. Mesmo para equipamentos com mais de 2 anos de POP, no entanto, continua a regra de apenas equipamentos dos países permitidos para reparação."

Note-se que apenas estão abrangidas as unidades do Xiaomi Mi A3 com IMEIs válidos - entenda-se, adquiridos na Europa. Caso tenha uma unidade nestas circunstâncias aconselhamos o utilizador a dirigir-se ou contactar a uma loja Mi Store Portugal.

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. É na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e na 4gnews a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.