Xiaomi Mi 9: topo de gama está com preço de gama média! Aproveita! (tempo limitado)

Filipe Alves
2 comentários

Quando olhamos para o Xiaomi Mi 9 estamos a ver um topo de gama. Um smartphone que nos oferece tudo aquilo que podemos pedir num smartphone de 800€.

Por isso é que nos espantamos assim que vimos que o seu preço está nos 333€. Um preço que só pode ser comparado a qualquer intermediário no mercado.

Sabe mais sobre preços e envios aqui

Xiaomi Mi 9

Características do Xiaomi Mi 9

  • Processador Snapdragon 855 (topo de gama)
  • 6GB de memória RAM
  • 64GB de memória interna
  • Dual-SIM
  • Construção Premium de vidro
  • Câmaras de qualidade
  • Carregamento rápido e sem fios
  • Ecrã com sensor biométrico embutido
  • Preço incomparável

Uma notch que não te vai incomodar pelo preço

Há apenas uma característica que o Mi 9 não ganha. Falo obviamente da Notch. Com o lançamento do Redmi K20, sem qualquer tipo de notch e com câmara pop-up (pikabuuuh), esta é a única característica que está em falta no Mi 9.

Xiaomi Mi 9

Ainda assim, se olhares para o mercado, vais ver que por este preço não há melhor. O Xiaomi Mi 9 é um topo de gama e merece ser considerado tal. O telemóvel pode (e deve) ser comparado aos conhecidos Galaxy S10, iPhone XS ou até OnePlus 7 Pro.

Sabe mais sobre preços e envios aqui

Assim sendo, acredito plenamente que por 333€ ficarás mais do que satisfeito. O smartphone é um topo de gama por um preço de gama média e merece estar no bolso de qualquer amante de tecnologia.

Atenção que este é um preço limitado. Ainda que acredite que o equipamento não venha a subir muito mais, tens de ter em consideração que é uma promoção e as coisas podem mudar. Assim sendo, não te deixes ficar para trás.

Já agora, sabe neste artigo como evitar alfândegas e comprar neste website.

Editores 4gnews recomendam:

2 comentários
Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.