Xiaomi Mi 7 - Uma pequena evolução do topo de gama não basta
Mi 6 – O antecessor do Xiaomi Mi 7

O Xiaomi Mi 7 é provavelmente um dos terminais que mais anseio a chegada. Tenho de admitir que tenho um enorme carinho pela marca. Os terminais da Xiaomi já me desiludiram, mas também já me surpreenderam. O futuro Xiaomi Mi 7 terá de ultrapassar, e muito, as minhas expectativas para continuar a acompanhar a marca da forma que faço.

Sou um amante de smartphones topo de gama. Lamento a todos aqueles que tem um excelente Redmi Note 4X no bolso, mas não consigo ficar fascinado com outros terminais senão os flagships.

Vê ainda: Alexa. Em 2018, Amazon estará mais presente que Google e Apple

Contudo, nem todos os topos de gama da empresa chinesa são perfeitos. Gostei bastante do Mi 6 e do Mi Mix 2, porém, aquela MIUI precisa de uma limpeza a sério. O User Interface da marca já foi irreverente no passado, nos dias de hoje é “mais uma”.

A primeira tarefa que faço quando recebo um Xiaomi para review é instalar um launcher. Sinceramente, não gosto da ideia. Preferia mil vezes utilizar todas as características e possibilidades do User Interface da marca.

Quando penso num Mi 7 não penso na evolução do Mi 6. Acredito e espero que venha a ser um irmão do Mi Mix 2 com melhorias significativas.

Primeiro a Xiaomi precisa de mudar a posição da câmara frontal. Amigos e amantes Xiaomi, não tem jeito nenhum ter de virar o smartphone para tirar uma fotografia. Tirar a foto com a câmara naquela posição vê-se mais o meu queixo do que o resto da minha cara. Não tem fundamento.

Aproveita o Xiaomi Mi A1 a bom preço

Digamos que até tenho a paciência de virar o smartphone. A MIUI não comunica com aplicações como o Google Duo, Facebook Messenger ou WhatsApp e mostra a minha imagem ao contrário à outra pessoa da chamada.

A nível de hardware eu sei que a Xiaomi não me vai desiludir com o Mi 7, todavia, é bom que pensem seriamente no seu interface e possibilidades.

O Xiaomi Mi 7 não pode ser só uma evolução do Mi 6.

Com terminais como o Samsung Galaxy S9, Apple iPhone X, Huawei P20 a chegarem ao mercado em 2018 (no caso do iPhone X já cá está), a empresa asiática precisa de lançar um Mi 7 que possa verdadeiramente competir com a concorrência. Não só nas especificações mas também em design e características.

O Xiaomi Mi 7 deverá ser revelado nos próximos meses e o que havia para decidir já foi decidido. Não há muito mais a fazer senão cruzar os dedos e esperar que a Xiaomi tenha crescido mentalmente para se dedicar também ao mercado ocidental.

Assuntos relevantes na 4gnews:

A Nokia começa bem o ano com o Nokia 6 (2018) – Opinião

Nokia – 5 aspectos em falta no novo smartphone Nokia 6 2018

Protetor de ecrã do Samsung Galaxy S9 Plus mostra margens mais finas

Fundador do projeto 4gnews, sempre olhei para a tecnologia como um pedaço de nós. Desde cedo ligado ao mundo tecnológico, este é literalmente o meu trabalho de sonho. Amante de vinho e apaixonado pelo meu Vit. Guimarães, acredito ainda que todas as nossas acções são o gatilho para o nosso futuro.