Xiaomi Mi 7: poderá este ser o primeiro smartphone Android com Face ID?

Rui Bacelar
Face ID Apple iPhone X Xiaomi Mi 7 Face ID smartphone
Os sensores na parte frontal do Apple iPhone X poderão inspirar o próximo Xiaomi.

Os rumores fervilham em torno do Xiaomi Mi 7, aquele que será o próximo smartphone topo de gama da 5ª maior fabricante mundial de dispositivos móveis - segundo a IDC. A fabricante Android já nos deu a conhecer o seu Mi MIX 2S mas, segundo os recentes rumores, ainda teremos que esperar alguns meses até conhecer este seu próximo lançamento.

Estará equipado com as melhores especificações técnicas disponíveis no mercado durante esta primeira metade de 2018. Contudo, aquilo que o poderá destacar face aos demais é a especula integração do Face ID, ou melhor, o reconhecimento facial 3D. Um novo sistema de autenticação e desbloqueio do smartphone.

Vê ainda: Xiaomi Mi 6X já está presente na página oficial Android da Google

Até ao momento avançamos aqui que a tecnologia de reconhecimento facial 3D seria ainda demasiado cara para aplicar num smartphone Android. Todavia, tal como aqui avançamos mais recentemente o Xiaomi Mi 7 estará a ser preparado para incorporar esta tecnologia que até agora nenhum Android ousou adotar.

Consequentemente, este equipamento só deverá ser anunciado no terceiro (3º) trimestre de 2018 pelos motivos aqui expostos. Muito sucintamente, os fornecedores de todos os componentes necessários para a aplicação prática de um sistema de reconhecimento facial 3D estarão com sérias dificuldades. Todavia, em primeiro lugar temos que compreender o funcionamento do sistema da Apple que inspirará o Xiaomi Mi 7.

Xiaomi Mi 7 pode ser o 1º Android com o reconhecimento facial 3D

Com efeito, no iPhone X temos toda uma panóplia de sensores incorporados na notch ou entalhe do smartphone iOS. Chama-se TrueDepth Camera e é o sistema responsável pelo mapeamento 3D do rosto dos utilizadores. O sistema é consideravelmente mais seguro do que as alternativas utilizadas pelas fabricantes Android. Temos aqui por exemplo o Face Unlock da OnePlus e várias outras fabricantes, todas elas utilizando um reconhecimento facial 2D. Algo que pode ser ludibriado, com maior ou menor dificuldade, com uma simples fotografia.

Xiaomi Mi 7 Android Oreo Xiaomi Mi 7 Face ID Apple iPhone X Android Face ID smartphone
A Apple pode generalizar este tecnologia mas será que as demais construtoras farão o mesmo, e da melhor forma?

Tal como previram alguns analistas de mercado aqui, a Apple estará cerca de 2 anos à frente de qualquer fabricante Android. Isto no que ao desenvolvimento do software e hardware necessário para aplicar o reconhecimento facial 3D num smartphone diz respeito. Agora, com os atrasos do Xiaomi Mi 7 começamos a sentir que estas previsões não são totalmente desprovidas de verdade.

O smartphone Xiaomi Mi 7 chegará no 3º trimestre de 2018

Para que o Xiaomi Mi 7 consiga proporcionar um Face ID (nome dado pela Apple à sua solução de reconhecimento facial 3D) ainda faltarão alguns meses. Teremos que esperar pelo smartphone durante mais alguns meses. Provavelmente até ao terceiro trimestre deste ano. Pelo menos mais dois a três meses para que o Mi 7 te reconheça com precisão e segurança. Mesmo se tiveres barba, com ou sem makeup e até mesmo com / sem óculos.

Já segundo a GizmoChinha e a DigiTimes, os principais fornecedores estarão com problemas e atrasos no desenvolvimento desta tecnologia. Em causa estará a integração do software necessário com o hardware. Todos os componentes que mediarão a deteção e mapeamento 3D para ao Xiaomi Mi 7.

Sabemos ainda que neste momento a Xiaomi está a colaborar com a Qualcomm, Himax Technologies e a Truly Optoelectronics para desenvolver este sistema. Algo que estará a levar o seu tempo e que necessita da plataforma móvel Snapdragon 845 para funcionar corretamente. Algo que pode efetivamente tornar a Xiaomi na primeira fabricante Android a implementar esta tecnologia.

Xiaomi Mi 7 smartphone Android Apple iPhone 8 Plus Apple iPhone X
O Apple iPhone X não tem TouchID mas conta com a nova tecnologia Face ID

O que trará de novo este smartphone Android?

Note-se que a Samsung e a Huawei preferem utilizar os seus próprios processadores (chips) Exynos e Kirin nos modelos premiun ou topo de gama. Ora, até à data nenhum dos seus SoC's são compatíveis com o reconhecimento facial 3D. Sendo aqui a Qualcomm a única fabricante capaz de o fazer.

Desta forma, é seguro dizer que nenhuma destas empresas estará entre as primeiras fabricantes Android a disponibilizar um smartphone com este novo método de autenticação. Mais ainda, segundo os mais recentes rumores, só em 2019 é que a Samsung deverá implementar uma tecnologia similar.

Segundo os rumores até à data, o smartphone Xiaomi Mi 7 deverá proporcionar ainda o leitor de impressões digitais sob o ecrã. Com efeito, a integração do sensor biométrico já no display tem sido avançada para este dispositivo Android.

O seu processador já foi confirmado pelo CEO da empresa como sendo o Snapdragon 845 da Qualcomm. Contará também com 6GB e 8GB de memória RAM no seu interior. Já a nível de memória interna teremos 128 a 256GB de armazenamento interno.

Em suma, o Xiaomi Mi 7 pode ser o primeiro smartphone Android a trazer este novo sistema de autenticação do utilizador. Todavia, far-se-á esperar.

Assuntos relevantes na 4gnews:

Patente da Samsung refere aplicação de videochamada com AR Emoji

Nokia Moonraker: Um novo olhar ao smartwatch cancelado pela Microsoft

CEO da Xiaomi confirma que trará mais modelos com Android One

Fonte | Via

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. É na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e na 4gnews a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.