Xiaomi lança powerbank super rápida perfeita para o Xiaomi Mi 10 Pro

Bruno Coelho
Comentar

No dia em que a Xiaomi revelou ao mundo os novos Xiaomi Mi 10 e Mi 10 Pro, a fabricante chinesa colocou à venda uma nova powerbank que promete ser perfeita para quem quer velocidade de carregamento aliada a portabilidade.

A nova Xiaomi Power Bank 3 é perfeita para o Xiaomi Mi 10 Pro, já que te permite carregares o teu smartphone até 50W de potência. Esta conta com 10000mAh, e pesa ainda 232 gramas.

Powerbank será capaz de carregar Xiaomi Mi 10 Pro em cerca de 45 minutos

Além de ser rápida a carregar, esta powerbank é também bastante compacta. As suas medidas cifram-se em 108mm x 68.8mm x 24.2mm. Além de plástico, conta também com acabamento a imitar cerâmica nas extremidades.

Podes carregar dois dispositivos em simultâneo

Com um aspeto em preto mate, esta permite que carregues dois dispositivos ao mesmo tempo com as suas entradas USB-A e USB-C. No entanto, só nesta segunda vai conseguir os 50W.

Podes carregar o teu portátil via USB-C com esta powerbank

A entrada USB-A será a que podes usar para carregar dispositivos de baixa corrente, como o teu smartwatch ou os teus auriculares. Na porta USB-C poderás carregar o Mi 10 Pro em cerca de 45 minutos, e a própria powerbank poderá ser carregada através dessa porta com uma potência de 24W.

Preço e disponibilidade

Este novo 'carregador portátil' vai ser vendido na China por um preço de 249 iuanes – cerca de 33 euros. O preço deverá ser ligeiramente superior assim que aterrar nas habituais lojas, mas a velocidade de carregamento poderá compensar o investimento

Editores 4gnews recomendam:

  • Xiaomi Mi 10 Pro bate a concorrência e é o novo Rei da fotografia
  • Xiaomi Mi 10 é oficial! Um smartphone tão bonito quanto potente!
  • Xiaomi Mi 10 Pro já chegou. O maior de sempre da Xiaomi na qualidade e no preço
Bruno Coelho
Bruno Coelho
Vive entre a paixão pela escrita, a música e a tecnologia. Licenciou-se em Ciências da Comunicação na Universidade da Beira Interior em 2015, e fez parte da equipa que fundou o Jornal de Belmonte. Produziu vários podcasts independentes pelo caminho. Come especificações ao pequeno-almoço.