crédito: businesstimesxiaomi

A Samsung é uma das empresas que não pode ser comparada a qualquer outra de forma séria. A empresa sul-coreana lidera o mercado de smartphones Android e a única grande concorrência da Samsung vem do outro lado do Pacífico com o nome de um fruto.

Quando a Samsung joga em casa é sem dúvida a empresa mais forte do território. Nem a sua arqui-rival e compatriota LG consegue fazer frente aos poderes do nome Samsung.

Contudo, em breve, a Samsung terá com que se preocupar também com uma outra empresa com um nome enorme no mercado asiático.

   

Vê ainda: Forma segue a Função – A filosofia de design do UMIDIGI C NOTE

Fala-se da Xiaomi! A empresa chinesa resolveu dar um passo para o mercado sul-coreano e deverá entrar de uma forma oficial em breve.

Era hipócrita de mim dizer para a “Samsung se cuidar”. A empresa domina de forma forte, contudo, a Xiaomi também não é uma empresa qualquer. Para além de smartphones com uma qualidade sublime, os preços são bem diferentes dos da gigante sul-coreana.

Honestamente não me parece que seja uma boa jogada da Xiaomi entrar no mercado sul-coreano e deixar o europeu de lado. Geograficamente tem sentido, mas o mercado europeu seria certamente mais volátil às vontades da Xiaomi e aos seus produtos.

Lembro que a Xiaomi não competirá com a Samsung apenas no smartphones. A Xiaomi tem apresentado televisões, computadores, purificadores de ar ou mesmo routers, por isso é esperado que este duelo seja bem mais do que apenas um Xiaomi Mi Mix VS um Galaxy S8.

Depois do desaire da Xiaomi no mercado brasileiro, será garantidamente interessante ver se conseguirá prosperar em terras complicadas.

Outros assuntos relevantes:

MIUI passará a suportar aplicações em ecrã dividido brevemente

Top 6 de marcas com mais vendas no primeiro trimestre de 2017

Cuidado: Hackers conseguem saber os números da tua password pelo movimento do smartphone

ViaAndroid Authority
FonteKorea Herald

Fundador do projeto 4gnews, sempre olhei para a tecnologia como um pedaço de nós. Desde cedo ligado ao mundo tecnológico, este é literalmente o meu trabalho de sonho.
Amante de vinho e apaixonado pelo meu Vit. Guimarães, acredito ainda que todas as nossas acções são o gatilho para o nosso futuro.