Xiaomi confirma tamanho de bateria para o topo de gama Redmi K20

Filipe Alves
2 comentários

O Xiaomi Redmi K20 é o próximo topo de gama a ser revelado pela empresa chinesa. Os rumores indicam que teremos um topo de gama com especificações a ter em conta e hoje a marca confirmou que o dispositivo trará uma bateria de 4000 mAh.

A esta confirmação podemos juntar as anteriores afirmações que teremos o processador topo de gama Qualcomm Snapdragon 855. O mesmo processador do mais recente anunciado OnePlus 7 Pro ou até Xiaomi Mi 9.

Xiaomi Redmi K20
Alegado Xiaomi Redmi K20

Para que serve 4000 mAh de bateria

Este tamanho de bateria deverá dar perfeitamente para um utilizador ter autonomia para o dia inteiro com uma utilização mais puxada. Ainda que 4000 mAh não sejam infinitos, o User Interface MIUI da Xiaomi ajuda consideravelmente com a autonomia.

Isto significa que a bateria de 4000 mAh para um utilizador que se fica pelas redes sociais e mensagens de chat deverá chegar para um dia e meio a dois dias de utilização.

Carregamento rápido é também esperado

O Xiaomi Redmi K20 deverá ter características topo de gama, assim sendo, acredita-se que uma dessas possibilidades será o carregamento rápido. De acordo com as informações, teremos também um carregamento rápido de 27W. Velocidade apenas encontrada no Xiaomi Mi 9. Em termos práticos terás 50% de bateria em apenas 20 minutos de carregamento.

O Xiaomi Redmi K20 será um topo de gama a preço de amigo

Este novo telemóvel promete chegar com um preço ainda mais vantajoso que o Xiaomi Mi 9. Lembro que o topo de gama da empresa asiática, Mi 9, está a ser vendido por 450€. Um preço simplesmente inacreditável. Pois bem, acredita-se que este Redmi K20 terá um valor ainda mais baixo. Se tivesse de apostar diria que a versão mais potente deverá roçar nos 400€ e a versão inicial (com menos RAM e memória interna) pelos 350€.

Editores 4gnews recomendam:

2 comentários
Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.