Xiaomi Black Shark Android Smartphone
Este é o smartphone Android da fabricante chinesa. Será dedicado aos jogos e fará frente ao Razer Phone.

Com apresentação marcada para amanhã, dia 13 de abril, o rival declarado do Razer Phone, já está pronto e é agora revelado num total de 3 fotografias. Além disso, o smartphone Android pode ser visto num novo vídeo hands-on em que todas as dúvidas relativamente ao seu aspecto são desfeitas. Esta é, muito provavelmente, a primeira “fuga” de informação que não suscita dúvidas quanto à sua veracidade. Chama-se Xiaomi Black Shark.

As imagens que ilustram este artigo são capturas de ecrã/ tela do referido vídeo, disponível na fonte (final do artigo). Aqui podemos ver que este terminal Android terá uns cantos arredondados e algumas semelhanças, por exemplo, com o OnePlus 5. Mais ainda, podemos confirmar que a sua construção será metálica com a parte frontal a ser maioritariamente ocupada pelo ecrã.

Vê ainda: Smartphones. Ecrã OLED dobrável será o futuro do sector [vídeo]

Com base neste novo material podemos também constatar que o Xiaomi Black Shark terá um aspecto algo alto e estreito. São os indícios claros de um ecrã com o formato 18:9 e não de um ecrã 16:9, por norma mais largos. Mais ainda, de acordo com as fugas de informação anteriores teremos aqui uma resolução Full-HD+, mais concretamente 2160 x 1080 pixéis.

De acordo com a listagem prévia na plataforma AnTuTu ficaríamos a saber que o Xiaomi Black Shark será um topo de gama. No seu interior teremos o processador Snapdragon 845 da Qualcomm. Neste momento é o melhor processador da fabricante norte-americana, sendo utilizado por praticamente todas as maiores fabricantes. Todavia, ainda não temos a confirmação das dimensões do ecrã / tela, apesar de sabermos a sua resolução, supra-citada.

Xiaomi Black Shark chega no dia 13 de abril

Olhando agora para tudo aquilo que o novo vídeo nos revela, o Xiaomi Black Shark parece ser utilizável com uma só mão. Graças às suas arestas arredondadas o terminal não deverá ser “demasiado grande” para o utilizador comum. Ainda assim, podemos ver que este terminal Android não primará pela ausência das arestas. Aliás, bem pelo contrário com uma aresta inferior e superior bem notórias. Todavia, sendo um smartphone para Gaming convém ter alguma área disponível para que o utilizador segure firmemente no equipamento.

O que trará de novo este Android para Gaming?

Podemos ainda confirmar a presença do leitor de impressões digitais / sensor biométrico na parte inferior, logo abaixo do ecrã do Xiaomi Black Shark. Mais ainda, temos, no fundo, a sua caixa e aquilo que aparenta ser um acessório para Gaming, já acoplado a este smartphone Android. O cenário mais provável será um controlador, um Game Pad que acompanhará o smartphone.

Já a nível de software o cenário mais provável (e sugerido pelo vídeo / imagens) é a presença da interface MIUI da Xiaomi. Mais ainda, pelo aspecto dos ícones no smartphone deveremos ter aqui uma versão alterada da MIUI com modos dedicados ao jogo e algumas otimizações de software. O desempenho será a grande prioridade de todo o dispositivo que já se deverá basear no Android Oreo.

Acessórios incluídos na caixa do smartphone Xiaomi Black Shark

Sendo o jogo, o Gaming, a grande prioridade e razão de ser do Xiaomi Black Shark é normal que a marca já inclua alguns acessórios. Aliás, tudo indica que já tenhamos aqui pelo menos o supra-citado controlador Bluetooth para jogos. Será, à semelhança dos Motorola Moto Mods ou Moto Snaps, um acessório acoplável ao smartphone. Algo que melhorará a experiência de jogo com o smartphone em “Modo Panorama”.

Podemos ainda aferir a presença de uma câmara dupla na traseira deste Xiaomi Black Shark, todo ele com um aspecto arrojado na sua traseira. Mais ainda, a câmara será acompanhada pelo seu flash LED, todos estes componentes com um alinhamento horizontal. Elementos presentes no canto superior esquerdo do terminal Android.

Hardware – Snapdragon 845 da Qualcomm neste smartphone Android

A nível de especificações técnicas relembramos que o Xiaomi Black Shark trará o Snapdragon 845 da Qualcomm. Trata-se de um SoC octa-core (8 núcleos) com uma frequência máxima de processamento a 2.7 GHz. Teremos também um total de 6GB de memória RAM com 64GB de armazenamento interno. Contamos também com uma versão de topo com 8GB de memória RAM e 128 ou 256GB de armazenamento interno.

A sua bateria, de capacidade ainda desconhecida, será dotada de carregamento rápido. Sendo ainda provável a utilização de um ecrã com uma taxa de refrescamento de 120Hz no smartphone.

O terminal será revelado amanhã, no dia 13 de abril. Segundo a cadeia de vendas online, a JD.com, chegará às lojas no dia 20 de abril. Mais ainda, para garantir a distribuição deste produto a Xiaomi terá estabelecido parcerias com várias lojas e cadeias online. Sendo a JD.com a principal distribuidora.

De momento ainda não temos indicações relativamente ao seu preço. O vídeo está presente na rede social chinesa, Weibo, e pode ser visto acima.

Assuntos relevantes na 4gnews:

OnePlus 6 deixa antever as mudanças face ao OnePlus 5T

Sony PlayStation 5. Temos boas notícias, só em 2020!

Xiaomi marca apresentação para o dia 25 de abril, Mi 6X a caminho?

Fonte | Via

Quando não está a escrever um artigo ou a gravar algum vídeo, o Bacelar tem por hábito saborear um bom livro, descobrir novas bandas sonoras ou simplesmente desfrutar do sol, na companhia de quem mais gosta (MM).