Xiaomi Black Shark 4S terá um trunfo precioso para o gaming no seu ecrã

Carlos Oliveira
Comentar

A Xiaomi ultima os preparativos para a apresentação do seu próximo smartphone gaming. Será a 13 de outubro que o mundo ficará a conhecer os Black Shark 4S e, até lá, a empresa não para de divulgar mais sobre o produto.

Uma das últimas publicações da Xiaomi alusivas ao Black Shark 4S tem que ver com o seu ecrã. Concretamente, de que forma este poderá ser uma vantagem para quem jogar com o smartphone.

Xiaomi Black Shark 4S terá duas zonas de pressão no ecrã

A nova linha Xiaomi Black Shark 4S será portadora de um ecrã com duas zonas de pressão. Deste modo, o utilizador poderá definir dois pontos distintos para diferentes tarefas, semelhante ao que vemos nos gatilhos físicos que este género de equipamentos ostenta.

Xiaomi Black Shark 4S

Um exemplo seria a definição dos controlos de movimento no ecrã do Black Shark 4S. Além da sua funcionalidade tradicional, uma pressão mais acentuada no mesmo local despoletaria uma ação diferente, como disparar a arma em jogos FPS.

Deste modo, os utilizadores do Xiaomi Black Shark 4S teriam vantagem sobre os seus rivais com qualquer outro smartphone. Com uma menor necessidade de movimento dos dedos, poderão realizar ações com muito mais velocidade.

Além disso, a sua taxa de resposta ao toque de 720 Hz garante que uma melhor perceção do ecrã aos comandos que o utilizador lhe envia. Para não falar na sua taxa de atualização de 140 Hz para animações mais fluídas.

Nada disto teria importância se o seu processador não fosse capaz de dar resposta a estes comandos no menor tempo possível. Por isso, a Xiaomi dotará os Black Shark 4S com o todo-poderoso Qualcomm Snapdragon 888+.

Nas restantes especificações espera-se a utilização de um ecrã AMOLED da Samsung com 6,67 polegadas. A sua resolução deverá variar entre o Full-HD+ e o Quad-HD+ consoante a versão escolhida.

Já a sua bateria, cuja capacidade ainda não foi revelada, beneficiará de uma potência de carregamento de 120 W. Tudo para que o utilizador passe menos tempo em frente à tomada e mais a jogar com o smartphone.

Editores 4gnews recomendam:

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.