Xiaomi 12 Ultra: um topo de gama Android com características impressionantes

Carlos Oliveira
Comentar

Ainda que persista a incerteza sobre a existência do Xiaomi 12 Ultra, os rumores sobre as suas principais características continuam. Desta feita é pela mão de Digital Chat Station que ficamos a saber mais pormenores deste smartphone Android.

Através das redes sociais, o prolifero leaker revela pormenores essenciais sobre a bateria do Xiaomi 12 Ultra. Aquele que pretende ser o suprassumo da chinesa em 2022 chegará ao mercado com número de encher o olho.

Xiaomi 12 Ultra com carregamento rápido de 120 W e uma bateria de 4860 mAh

Após a apresentação dos Xiaomi 12 e 12 Pro no final de 2021, a tecnológica chinesa prepara o alargamento desta família de topos de gama. Fá-lo-á com a revelação do modelo Ultra que não ignorará as tendências dos modelos já revelados.

Sabemos agora que o Xiaomi 12 Ultra contará com uma bateria com 4860 mAh de capacidade. É certo que se trata de um retrocesso face ao seu antecessor, mas a marca ambiciona colmatar isso com as velocidades de carregamento.

O grande destaque vai para a velocidade de carregamento de 120 W na modalidade de carregamento por fio. Já para os amantes do carregamento sem fios, poderão fazê-lo com até 50 W de potência.

Embora sejam valores impressionantes, não serão uma estreia no portefólio da Xiaomi. Também o Xiaomi 12 Pro ostenta os mesmos valores de carregamento, com a promessa de tempos céleres no abastecimento da sua bateria.

Leica dará o seu contributo para a câmara do Xiaomi 12 Ultra

Uma parceria entre a Leica e a Xiaomi para o desenvolvimento da câmara do 12 Ultra não é novidade. Contudo, Digital Chat Station reforça essa tese, afirmando que a confirmação será dada no momento da apresentação do smartphone.

Essa câmara contará com o mesmo esquema do seu antecessor, ou seja, com um sensor principal de 50 MP, um grande angular de 48 MP e um periscópico de 48 MP. Todavia, espera-se um salto na qualidade das imagens em resultado de um novo software de processamento de imagem e do conhecimento da alemã Leica.

Nota ainda para a presença de um ecrã AMOLED desenvolvido pela Samsung com uma resolução de 1440p. Um painel que contará ainda com uma elevada taxa de atualização, possivelmente de 120 Hz variáveis.

Em suma, teremos um topo de gama Android com números que impressionarão qualquer amante de tecnologia. Será um equipamento com o que de melhor se oferece neste mercado.

A sua apresentação permanece um mistério. Tal poderá acontecer entre março ou abril quando se celebrar um ano da apresentação do Xiaomi Mi 11 Ultra.

Editores 4gnews recomendam:

  • Redmi K50 Pro é o próximo smartphone Android da Xiaomi para 2022
  • Xiaomi Redmi 10 (2022) pode chegar em breve como uma desilusão
  • Xiaomi e OnePlus longe de liderar o AnTuTu. Vê o TOP 10
Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.