Xiaomi 12: reveladas as primeiras imagens reais do seu ecrã

Carlos Oliveira
Comentar

A Xiaomi deverá terminar 2021 com a apresentação do Xiaomi 12. Este será o próximo topo de gama Android da marca chinesa e irá abraçar a nova nomenclatura definida pela mesma, onde o "Mi" deixa de existir.

Até à apresentação acontecerão os habituais rumores e fugas de informação que nos revelarão os principais pormenores do produto. O caso de hoje é precisamente esse, dando-nos a conhecer antecipadamente como será o ecrã do Xiaomi 12.

Xiaomi 12

Xiaomi 12 continuará a apostar num ecrã curvo com punch-hole

As imagens foram partilhadas na rede social Weibo por Digital Chat Station. Amplamente ligado aos desígnios das tecnológicas chinesas, esta fonte mostra ao mundo as primeiras imagens do protetor de ecrã para o Xiaomi 12.

Tal como se pode verificar, o Xiaomi 12 seguirá a filosofia de design do seu antecessor com margens curvas. Estas serão bastante acentuadas no próximo topo de gama da chinesa, algo que poderá não agradar a todos os utilizadores.

A principal novidade observada nestas imagens tem que ver com o posicionamento da câmara frontal do Xiaomi 12. Esta transita para o centro do painel, com a mesma filosofia punch-hole do modelo anterior.

As margens superior e inferior serão simétricas e bastante reduzidas. Isto significa ainda que a Xiaomi voltará a alojar o sensor de impressões digitais por baixo do ecrã.

Xiaomi 12 será o primeiro smartphone com processador Snapdragon 898

Tal como sucedeu com o Xiaomi Mi 11, a próxima geração irá estrear o mais recente processador de topo da Qualcomm. Este deverá ficar conhecido como Snapdragon 898 e a sua apresentação oficial acontecerá no início de dezembro.

Isto dará tempo à empresa americana para enviar exemplares do seu novo chip para a Xiaomi a tempo da revelação do seu topo de gama. A sua chegada ao mercado deverá ocorrer nos primeiros dias de 2022.

Editores 4gnews recomendam:

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.