wiko

A Wiko fez hoje 2 anos que está no mercado Português e para celebrar a ocasião convidou a press para um evento em Lisboa, onde apresentou 3 novos smartphones.

A empresa francesa continua a dar cartas no mercado de smartphones lusitano e mesmo com concorrência forte como a da Bq, Motorola ou mesmo os #chinaaopoder, a Wiko continua com um público fiel e a dar-nos smartphones com uma qualidade construção acima da média.

   

Wiko Pulp fab

Comecemos com o Wiko PULP FAB, o terminal tem 5.5″ HD, com um processador Octa-core a correr 1.4GHz MediaTek MT6592M, 2GB de RAM, 16GB de memória interna com a possibilidade de inserir um cartão microSD até 64GB, câmara principal de 13MP e frontal de 5MP. O terminal deverá estar à venda em Portugal a partir do dia 28 de outubro por 200€.Wiko pulp

Quando olhamos para o Wiko PULP vemos um terminal idêntico em especificações ao modelo referido acima mas com um ecrã de 5″ HD, o processador MediaTek MT6592M o mesmo que o Wiko Pulp FAB, mas mais uma vez recebemos informações por metade e continuamos sem saber o fabricante do mesmo.

Wiko fever

O Wiko FEVER 4G é o terminal que fica no meio, no que respeita ao ecrã. Com 5.2″, o smartphone da marca francesa conta com Dual-SIM, processador a correr 1.3GHz MediaTek MT6753, 3GB de RAM e 16GB de ROM com expansão até 64GB. As câmaras de 13MP e 5MP devem também ser as mesmas utilizadas nos outros modelos.

Embora tenhamos marcado presença no evento, as informações não podiam ser mais vagas. A Wiko deu-nos novos equipamentos e disse que estão a crescer como empresa mas, quanto a especificações técnicas,  continuamos na incógnita, mesmo depois dos smartphones terem sido anunciados.

Especificações retificadas com informação da Wiko

Esperemos que a empresa francesa não se esqueça que os sites de tecnologia também servem para fazer reviews e informar os seus leitores e espectadores acerca dos smartphones. Entretanto, talvez queiras ver:

(Artigo atualizado dia 22 Out com informação dos processadores)

Fundador do projeto 4gnews, sempre olhei para a tecnologia como um pedaço de nós. Desde cedo ligado ao mundo tecnológico, este é literalmente o meu trabalho de sonho. Amante de vinho e apaixonado pelo meu Vit. Guimarães, acredito ainda que todas as nossas acções são o gatilho para o nosso futuro.