Twitter vai finalmente deixar editar tweets. Mas há um senão

Bruno Coelho
Comentar

Um dos grandes debates, para quem é utilizador vigoroso do Twitter, é o facto de não se poder editar tweets. Inicialmente eram 140 caracteres, tendo passado em 2021 para 280 nunca editáveis pelos utilizadores após serem publicados.

A rede social sempre se recusou a introduzir a possibilidade de edição de tweets, com a justificação de que isso poderia provocar a desinformação. Isto porque um determinado tweet poderia tornar-se viral, podendo o autor alterá-lo à posteriori. Mas isso mudou.

Ao longo dos últimos meses esteve a ser testada a edição de tweets por parte da rede social. E esta quinta-feira foi publicado o primeiro tweet editado, através da conta oficial Twitter Blue. Ao clicar no histórico de edições vemos as modificações feitas ao mesmo.

Edição de tweets no Twitter inicialmente disponível apenas para subscritores do Twitter Blue

hellothis is a test to make sure the edit button works, we’ll let you know how it goes

— Twitter Blue (@TwitterBlue) 29 de setembro de 2022

Infelizmente, pelo menos por agora, esta não é uma funcionalidade que vás poder usar assim que for lançada. Isto porque apenas vai ficar disponível para utilizadores do serviço de subscrição Twitter Blue, disponível nos Estados Unidos, Canadá, Austrália e Nova Zelândia.

Este serviço de subscrição tem um custo mensal de 4,99 dólares, e oferece aos utilizadores artigos sem anúncios, personalizações na interface e ainda a possibilidade de apagar tweets momentos antes de os publicar. Isto porque existe uma contagem regressiva antes da publicação.

Agora com a indicação de que esta funcionalidade será, pelo menos para já, apenas para subscritores, será interessante perceber como vai funcionar. Certamente haverá um limite de tempo onde exista a possibilidade de fazer edições.

Editores 4gnews recomendam:

Bruno Coelho
Bruno Coelho
Vive entre a paixão pela escrita, a música e a tecnologia. Licenciou-se em Ciências da Comunicação na Universidade da Beira Interior em 2015, e fez parte da equipa que fundou o Jornal de Belmonte. Produziu vários podcasts independentes pelo caminho. Colabora com a 4gnews desde 2017, e faz parte da redação desde 2019. Come especificações ao pequeno-almoço. brunocoelho@4gnews.pt