Spotify dá um recado à Apple e ao seu abuso de poder (vídeo)

Vitor Urbano

O Spotify anunciou hoje que enviou uma reclamação à União Europeia contra a Apple. Em causa está o alegado abuso de poder no que respeita às regras aplicadas na App Store.

De acordo com o CEO do Spotify, Daniel Ek, entre as várias razões que levaram a esta queixa. Destaca-se os 30% cobrados pela empresa em todas as subscrições feitas através da App Store. Ek afirma que estes "impostos" foram concebidos para prejudicar todos os serviços que compitam diretamente com os oferecidos pela Apple.

Esta não é a primeira vez que a Apple é acusada de abuso de poder relativamente aos 30% cobrados em toda e qualquer transação realizada através da sua loja de aplicações. É importante realçar no entanto que, a Google tem exatamente o mesmo tipo de taxa em vigor. Motivo que levou à Epic Games lançar o Fortnite fora da Google Play Store. No entanto, no caso da Apple, não há nada que as empresas possam fazer para evitar este tipo de taxa.

CEO do Spotify acusa Apple de abuso de poder e pede 'ajuda' à União Europeia

Daniel Ek realça que devido a esta taxa, viram-se obrigados a inflacionar os preços praticados, colocando-os acima dos oferecidos pela Apple Music. No caso de não estarem dispostos a pagar os 30%, afirma que a empresa de Tim Cook aplica várias restrições ao serviço que acabam por denegrir toda a experiência do utilizador.

Ainda mais, Ek afirma que a Apple impede de forma constante possíveis evoluções dos seus rivais, tornando impossível que estes fiquem disponíveis em outros serviços como a Siri, Homepod e Apple Watch. Por outro lado, o Apple Music está vastamente acessível em todas estas plataformas.

Apple Spotify União Europeia

Mas o Spotify não se ficou apenas pela queixa formal à União Europeia. Ao mesmo tempo, deu início a uma campanha publicitária contra o comportamento injusto da Apple. Lançando um site dedicado à causa, assim como um vídeo muito interessante. Neste vídeo, podemos ver as inúmeras ocasiões em que a empresa de Cupertino abusa do seu poder, com o objetivo de favorecer os seus próprios serviços.

Ainda não existe nenhum comentário sobre esta queixa por parte da Comissão Europeia. Foi apenas confirmado que a queixa foi registada e que estão a investigar a situação de acordo com os processos estabelecidos para tal.

Editores 4gnews recomendam:

Fonte | Via

Vitor Urbano
Vitor Urbano
Sempre de mão-dada esteve a tecnologia, o desporto e o mundo gaming. Por isso, se não estiver a escrever sobre o que de novo há no mundo da tecnologia, o mais provável é estar a jogar uma partida de Ultimate Team no FIFA 19.