Capa smartphones Android iOS
Os smartphones de gama média são cada vez mais uma aposta segura.

O título é ambicioso mas será tornado realidade graças a uma fabricante Android sediada na China, a Vivo. Apesar de ser praticamente desconhecida em Portugal e na Europa, acreditamos que esta marca possa tornar os smartphones de gama média extremamente apetecíveis. Já a partir de 2019.

A primeira vez que olhamos com mais atenção para a Vivo seria após a sua apresentação na CES (Consumer Electronics Show) Las Vegas. Aí veríamos o seu primeiro smartphone Android com o sensor de impressões digitais já embutido no ecrã. Isto num equipamento pronto para o mercado.

Vê ainda: Huawei ataca o Samsung Galaxy Note 9 pela falta de evolução

Entretanto a Vivo continuou a desenvolver este tecnologia de reconhecimento da impressão digital no ecrã. Método que estará pronto para ser aplicado a vários smartphones, não só de gama alta (flagships) mas também em smartphones de gama média.

Como tal, segundo nos conta a Digitimes, o panorama em 2019 poderá ser muito mais gratificante para quem procura um novo smartphone económico. Note-se que por “económico” nos referimos aos smartphones de gama média e não às opções de gama baixa neste caso.

Smartphones de gama média vão surpreender em 2019

Será graças a este leitor de impressões digitais “invisível” (ao estar já embutido no ecrã) que até os smartphones de gama média poderão brilhar. Mais ainda, fabricantes Android como a Huawei, Xiaomi e até mesmo a Meizu já estão a trabalhar nesta mesma tecnologia. Isto para a poderem oferecer aos consumidores. Algo que deverá ser bem evidente a partir de 2019 com o lançamento da próxima geração de smartphones de gama média.

smartphones Android gama média 2019
A Vivo é uma das empresas que mais investem nesta tecnologia.

Neste momento, segundo os dados das agências de análise e consultoria, a tecnologia ainda está “verde”, carecendo de mais desenvolvimento. Algo tão simples como colocar uma película de proteção no ecrã pode tornar estes sensores inutilizáveis.

Ainda assim, estão a ser feitos avanços diários. Isto para que até os terminais Android de gama média possam usufruir desta mais valia. Espera-se que até ao final do ano sejam vendidos mais de 42 milhões destes sensores. Número que em 2019 deverá ascender aos 100 milhões, massificando e generalizando esta tecnologia.

Tudo isto para que até mesmo os smartphones de gama média possam utilizar esta nova abordagem a um dos mais populares métodos de desbloqueio dos smartphones. Agora, é apenas uma questão de tempo até que as inúmeras fabricantes chinesas comecem a distribuir a próxima geração de dispositivos móveis.

2019 será sem dúvida um ano recheado de novidades. Seja para o segmento de topo como para o segmento mais económico.

Assuntos relevantes na 4gnews:

Fortnite para Android: Estes serão os smartphones compatíveis

Android Pie: BQ confirma os smartphones que receberão a atualização

Google Fotos prepara-se para ter mais funcionalidades

Fonte | via

Quando não está a escrever um artigo ou a gravar algum vídeo, o Bacelar tem por hábito saborear um bom livro, descobrir novas bandas sonoras ou simplesmente desfrutar do sol, na companhia de quem mais gosta (MM).