Sensor biométrico no ecrã do iPhone pode ser uma realidade!

António Guimarães
Comentar

A Apple há muito que abandonou os sensores biométricos optando pelo seu famoso Face ID, estreado no iPhone X. No entanto, de acordo com o jornal chinês The Global Times, a Apple prepara-se para lançar um iPhone 'low-cost' com sensor debaixo do ecrã OLED.

Este modelo seria exclusivo da China e existe uma boa razão para o ser: redução de custos. A Apple tem vindo a perder volume de vendas no mercado asiático devido aos preços altos e concorrência agressiva de marcas como Xiaomi e Huawei.

O relatório do The Global Times indica que a implementação do Face ID tem custos elevados. Um iPhone com sensor biométrico debaixo do ecrã mantém toda a qualidade de que a Apple se orgulha e permite cortar umas centenas de yuans (moeda chinesa) do seu preço final.

iphone notch

Um iPhone mais barato, com molduras e notch reduzidas

Todos os iPhone lançados do X para a frente exibem uma notch enorme, que a Apple justifica como o local para todos os sensores do Face ID. Caso implementem o sensor biométrico, a 'monocelha' deixa de ser necessária.

Além disso, a Apple pode reduzir ainda as molduras, ficando essencialmente com um iPhone XS mas com sensor biométrico debaixo do vidro e um preço mais apelativo.

A verdade é que este iPhone seria atraente para muitos consumidores fora da China que não querem pagar o preço da maçã. Contudo, a estratégia da Apple de cortar no preço dos iPhones está a ser executada apenas no mercado asiático.

Ironicamente, a pressão para vender mais parece estar a forçar a empresa da maçã a dar o 'braço a torcer' e um passo atrás no modo de desbloqueio dos iPhones.

Editores 4gnews recomendam:

Comentar
António Guimarães
António Guimarães
Juntamente com os seus atuais companheiros Mi A2 e Surface Go, batalha para elucidar as massas sobre todos os acontecimentos da esfera tecnológica. "Informação é poder" é a frase que o acompanha diariamente. Talvez um dia a coloque numa t-shirt.