Sem serviços Google, CEO da Huawei espera vender 20 milhões de Mate 30

Bruno Coelho
Comentar

A Huawei apresentou esta semana os seus novos Mate 30. Mesmo sendo dispositivos com grande potencial em termos de câmara a performance, chegarão ao mercado sem serviços Google.

Quem comprar um Mate 30 Pro não terá pré-instalado o Youtube, o Google Maps ou própria loja de aplicações Google Play Store. Mesmo com estas limitações, o CEO da Huawei está confiante de que os dispositivos poderão chegar aos 20 milhões em vendas.

Richard Yu Huawei Mate 30 Pro
Richard Yu, CEO da Huawei, a mostrar o Huawei Mate 30 Pro à imprensa

Empresa conta com subida de vendas na China

Richard Yu disse ao Android Authority: “Penso que este banimento vai influenciar negativamente as vendas fora da China. Mas as vendas na China vão subir bastante porque este é o topo de gama 5G mais competitivo do mundo”.

Recorde-se que a Huawei enfrenta um banimento por parte dos Estados Unidos. Isto faz com que as empresas americanas estejam proibidas de fazer negócio com esta, o que leva à ausência de serviços Google de forma oficial neste dispositivo.

As vendas a nível global vão necessariamente descer, mas Richard Yu acredita que a China vai contribuir para manter os números em alta. “Desde o banimento de maio as nossas vendas desceram, mas agora estão a recuperar rapidamente, então os consumidores adoram os nossos produtos”, afirma o CEO da Huawei.

“Eu acredito que podemos vender mais de 20 milhões da linha Mate 30”, rematou. Ainda não existem datas para a venda dos Mate 30 em mercados fora da China, mas se os 20 milhões forem uma possibilidade virão, em grande parte, do país natal da Huawei.

Editores 4gnews recomendam:

Comentar
Bruno Coelho
Bruno Coelho
O Nokia 3650 foi o primeiro grande mergulho no mundo tecnológico. Se o Ultimate Team é o seu atual saco de boxe, o Macbook Pro é o melhor amigo. Escrever sobre tecnologia é o processo natural na vida de alguém que come especificações ao pequeno-almoço.