Sem bateria no telemóvel? A culpa pode ser destas 10 apps Android e iOS

Rui Bacelar
Comentar

A autonomia de bateria é um dos critérios fundamentais na escolha de um novo smartphone Android ou iOS (iPhone). Porém, na maioria dos modelos a autonomia será de um dia, ou um dia e meio, com raríssimas exceções a chegar aos dois dias.

Há, contudo, diversos fatores que inferem diretamente com a duração da bateria e a necessidade de carregar o nosso telemóvel, seja ele Android ou iPhone. Com efeito, as aplicações (apps) que mais usamos e / ou temos instaladas são diretamente responsáveis pelo consumo energético.

Top 10 apps que mais bateriam gastam no smartphone

  1. Fitbit
  2. Uber
  3. Skype
  4. Facebook
  5. Airbnb
  6. Instagram
  7. Tinder
  8. Bumble
  9. Snapchat
  10. WhatsApp

Estas são as aplicações para Android, disponíveis através da Google Play Store que, de acordo com a agência pCloud, mais gastam energia. Ou seja, as apps com mais apetite em dispositivos móveis Android e equivalência quase direta em dispositivos iOS.

Ainda que a utilidade das apps supracitadas seja inquestionável, segundo a pesquisa efetuada, o impacto na duração da bateria será inegável. Portanto, caso usem algumas destas apps como. WhatsApp, Facebook e Instagram, é provável que carreguem o smartphone todos os dias.

São algumas das apps mais populares para Android e iOS

Apps Android

Podemos assim constatar que não é de todo fácil "fugir" à utilização das aplicações aqui listadas. Para além disso, temos mais apps gastadoras não referidas no Top 10, mas indicadas acima, na imagem supra.

Há vários fatores a ter em consideração

A empresa teve em consideração diversos fatores ao determinar quais as apps que mais energia gastam em Android e iOS. Entre estes podemos indicar os seguintes fatores:

  • Acesso à localização do dispositivo móvel
  • Acesso à câmara do dispositivo móvel
  • Existência de "Modo Escuro" ou dark mode
  • Exigência energética e carga de processador

Este índica é meramente informativo e não tem como objetivo desaconselhar o uso das apps em questão nos dispositivos Android ou iOS. É, assim, uma mera curiosidade que esperamos ser do interesse público.

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. Ocupa-se com a atualidade tecnológica na 4gnews. Email: ruibacelar@4gnews.pt