Samsung não terá smartphone com ecrã OLED dobrável em 2018

Rui Bacelar
A fabricante não confirmou a sua existência, mas confirmou que o objectivo da marca passa mesmo por aí.

Samsung Galaxy X. Smartphone dobrável. Ecrã OLED. Vários nomes que no decurso dos últimos anos têm sido atribuídos a um produto demasiado incrível para existir. Demasiado ousado para os padrões e limitações atuais da indústria. Equipamento que tem dado aso a inúmeros rumores e uma grande especulação.

Pelos CES 2018.

Vê ainda: Galaxy S9 terá que puxar pela divisão mobile da Samsung

Entretanto também já vimos algumas patentes e um número incontável de rumores. Já vimos até disparates como a sua alegada "confirmação". Para já a palavra chave é "pode". Pode existir e por alguns momentos chegou-se a acreditar que podia chegar já em 2018. Ora, enquanto entusiasta de tecnologia obviamente que lamento.

Analisando o smartphone dobrável da Samsung

Algo que, é incerto quando o fará. Colocam-se novas dúvidas.

Ecrã OLED dobrável faz parte dos planos da Samsung para 2018

Será muito improvável ficarmos a conhecer o dispositivo dobrável já em 2018.

Importa ainda salientar que no início de janeiro vislumbre da sua suposta interface (UI). Por outro lado, a produção dos ecrãs OLED dobráveis teria início até o mês de setembro de 2018, o mais tardar. Ora, caso tudo corresse conforme o planeado poderíamos ver uma apresentação do smartphone dobrável em dezembro de 2018. Isto claro, no melhor dos cenários.

Tecnologia estará a ser desenvolvida, desde o ecrã OLED ao smartphone em si

Ora, com base no seu relatório fiscal relativo ao último (4º) trimestre de 2017 (em PDF), a Samsung deposita as suas esperanças no seu painel/ ecrã OLED. A fabricante acredita que melhorará a competitividade da empresa no segmento premium durante o ano de 2018. Aqui o assunto aquece.

A marca refere especificamente “with the release of foldable panels.” Com a apresentação de painés dobráveis. Ora, sabemos que a Samsung produz os seus próprios ecrãs ou displays para smartphone. Desta forma, faz todo o sentido que seja a própria marca a produzir os ecrãs OLED de que necessitaria para um possível smartphone dobrável. Certo?

Ora, para que tal smartphone dobrável venha a ser apresentado, a divisão responsável pelos ecrãs tem que os começar a produzir. Em primeiro lugar o painel OLED teria necessariamente de ser produzido. Aqui existem muitas margens de erro.

Tablet e smartphone, tudo num só dispositivo? Bom demais para ser verdade?

As nossas esperanças são acalentadas quando a Samsung refere que, para se diferenciar no mercado dos smartphones, vai adoptar tecnologias de ponta. Aqui, vai mais além e cita especificamente “such as foldable OLED displays.” Os ecrãs OLED estão entre a lista de objectivos traçados pela marca para 2018. Esperemos que também planeie lançar um smartphone para acomodar este ecrã OLED dobrável.

Extremamente improvável uma apresentação em 2018

Segundo os últimos rumores, a marca poderia apresentar um smartphone com ecrã de 7.3 polegadas OLED. Ecrã este que seria dobrável, reduzindo assim o seu impacto.

Serviria como tablet e como smartphone. Mais ainda, o departamento Samsung Display estaria a trabalhar num painel que se pode dobrar e desdobrar. Sem dobradiças visíveis. Sem falhas, apenas um grande e único ecrã OLED.

Em suma, a Samsung não forneceu qualquer data ou calendarização para a apresentação de um possível smartphone dobrável com ecrã OLED. Contudo, o seu interesse nesta tecnologia é óbvio e forte ao ponto de o incluírem na sua estratégia para 2018.

Pessoalmente acredito que tal dispositivo venha eventualmente a ser apresentado. O interesse da marca é notório e incontestável. Ainda que a indústria precise de evoluir bastante até estar preparada para o lançamento de tal smartphone, acredito que seja uma questão de tempo.

Acredito ainda que assim que estiver pronto, este smartphone com ecrã OLED dobrável, será mais uma curiosidade do que um produto extremamente procurado. O mercado e os consumidores terão que se habituar a um novo conceito de smartphone.

Mentalizem-se que é altamente improvável que tal smartphone venha a ser apresentado até ao final deste ano de 2018.

Assuntos relevantes na 4gnews:

S8 – Diferentes apenas no preço?

GnePlus 5T numa comparação bizarra

Phone X

Via

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. É na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e na 4gnews a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.