Samsung Galaxy S7 edge 4gnews

Só quem possui um Samsung Galaxy S7 ou S7 Edge sabe o quão  pode ser frustrante utilizar o seu leitor de impressões digitais, embora seja de qualidade, não são raras as vezes em que falha. Já para não falar na qualidade de construção do sensor que deixa um pouco a desejar, dada a facilidade que eles têm em riscar se transportares o teu smartphone no bolso e, por alguma infelicidade lá encontrar algumas moedas ou chaves.

Vê também: Já temos novidades do Android Nougat para os Galaxy S7 e S7 edge

   

Contudo, isto poderá estar prestes a mudar, uma vez que a Samsung está em conversações com uma empresa coreana, fabricante de sensores biométricos para adquirir até 2 milhões de unidades. Espera-se que estes novos sensores sejam utilizados na próxima geração de smartphones topo de gama Android, os Samsung Galaxy S8 e S8 edge.

Galaxy S7 com botão home riscado de utilização normal
Galaxy S7 com botão home riscado de utilização normal

Estas notícias não são nada animadoras para a empresa norte-americana Synaptics e para a FPC, as atuais fornecedoras deste componente para a Samsung, uma vez que caso o negócio referido anteriormente vá avante, estas marcas poderão perder bastantes encomendas ou poderão até mesmo deixar de produzir para a marca sul coreana. A solução? Melhorar a sua oferta e convencer a Samsung que são capazes de satisfazer as necessidades e exigências da marca.

A meu ver acho esta mudança necessária já que os sensores presentes no seu flagship atual, por exemplo, não apresentam a mesma eficácia que equipamentos concorrentes tem vindo a demonstrar. Esperemos os próximos terminais da Samsung não apresentem este tipo de problemas, nomeadamente, a susceptibilidade em riscar ou a frustração de não reconhecer a impressão digital caso o sensor esteja um pouco sujo.

Talvez queiras ver:

Pixel será o Android de gama-baixa da Nokia

iPhone 8, iPhone 7s e iPhone 7s Plus: Os smartphones Apple para 2017?

Meizu X em azul e com câmara dupla, simplesmente deslumbrante!