Apple iPhone X Samsung Galaxy S9 Tim Cook
Tim Cook, CEO da Apple ©reuters

O Samsung Galaxy S9 Plus foi anunciado no passado dia 25 de fevereiro em Barcelona na véspera do MWC 2018. Entretanto seria o alvo de todas as atenções nesta edição do Mobile World Congress e terá percorrido as mãos de vários jornalistas dos media em geral. Aliás, também este dispositivo seria estudado com atenção pela equipa da 4gnews. Ora, como é que o novo e poderoso Galaxy S9 ficou atrás do Apple iPhone X e iPhone 8?

Segundo avança a Business Insider, o Samsung Galaxy S9 Plus foi testado numa plataforma/ site de benchmarks, a AnandTech. Aí, o novo topo de gama da empresa sul-coreana obteria uma pontuação vergonhosamente baixa. Como é que o novo Exynos 9810 e 6GB de RAM ficariam atrás do Apple iPhone X e iPhone 8? Existe uma explicação perfeitamente plausível para este lúgubre cenário.

Sondagem: Tencionas comprar o Samsung Galaxy S9 / S9+?

Em primeiro lugar, os benchmarks são pontuações sintéticas, obtidas em condições controladas. Providenciam um resultado numérico que pode em seguida ser comparado com os demais smartphones. Dão-nos uma estimativa geral e quantitativa do potencial, do poder de cada equipamento testado. Por norma são aplicações (como a AnTuTu), concebidas para executar uma série de testes no processador (SoC).

Por via da regra, estas aplicações vão avaliar e quantificar o tempo que cada smartphone demora a executar os mesmos testes. Em seguida, utilizam este e outros indicadores para quantificar o “poder” de cada smartphone. Foi essencialmente isto que sucedeu com o Samsung Galaxy S9 Plus, Apple iPhone X, iPhone 8 e os demais equipamentos testados.

Apple iPhone X e iPhone 8 com pontuação superior ao Samsung Galaxy S9 Plus

Entre os vários programas / aplicações e sites especializados em testes e benchmarks, a AnandTech é um dos mais rigorosos. Ora, aqui os seus resultados preliminares são deveras curiosos. O novo Samsung Galaxy S9 Plus ficou abaixo do Snapdragon 845 da Qualcomm (protótipo testado), dos iPhone 8 e Apple iPhone X. O novo Samsung Galaxy S9 Plus ficaria atrás até do topo de gama do ano passado, o Samsung Galaxy S8. Em seguida podemos ver a tabela classificativa com os equipamentos testados.

Apple iPhone X e Apple iPhone 8 com pontuações superioresSamsung Galaxy S9 Apple iPhone X

A tabela com os resultados deste teste de benchmark bastante precoce.

Esta plataforma executa um vasto rol de testes. Desde a simulação de navegação na Internet (Web), gestão de dados (escrita e leitura de informação). Sem esquecer a edição de foto, os testes gráficos e vários outros. Aqui, o Samsung Galaxy S9 Plus ficaria atrás de vários equipamentos de 2017 sendo o Apple iPhone X e iPhone 8 os mais notórios.

Mesmo entre os smartphones da própria marca, o Samsung Galaxy S9 Plus ficaria atrás do Galaxy Note 8 e até mesmo do S8 e S8+ que utilizam um processador não tão poderoso. Ora, como é possível tal cenários? Como pode o novo topo de gama apresentar uma pontuação não só inferior à concorrência (Apple) como também inferior aos antigos topos de gama? Existe uma explicação muito simples para tal.

O que se passa com este Samsung Galaxy S9 Plus?

Segundo o relatório oficial da AnandTech “Algo que parece ser perfeitamente claro é que algo de muito errado se passa com o Exynos 9810 (processador) presente no Samsung Galaxy S9 Plus testado“. Pode ler-se na fonte, acrescenta ainda que – “Praticamente indiscernível do Exynos 8895 de 2017, já para não falar do dispositivo de referência com o Snapdragon 845 da Qualcomm”. Os peritos da AnandTech ficariam tão ou mais surpreendidos do que o público geral.

“Unidade de demonstração, não otimizado” – SamsungApple iPhone X Samsung Galaxy S9

A unidade testada estaria a utilizar uma versão não otimizada do software de sistema.

A explicação chegaria pouco depois, através de um porta-voz da Samsung. Segundo as suas declarações à AnandTech, os Samsung Galaxy S9 fornecidos para teste estavam a utilizar um firmware (software de sistema) não acabado. Uma versão de demonstração, criada apenas para utilização e demonstração durante o período da Mobile World Congress (MWC). A fonte oficial da Samsung garantiria que as unidades que chegarão ao público tirarão todo o proveito do novo processador Exynos 9810.

Samsung Galaxy S9 e Galaxy S9+ chegarão ao mercado com novo software

Firmware para demonstração no MWC 2018, esta seria a explicação oficial, veiculada pelos representantes da marca. Segundo a AnandTech, em aditamento posterior à sua publicação original. “Tive a confirmação de que a Samsung vai diminuir um pouco a performance do seu Exynos 9810. Isto para que a variante com este processador iguale a performance da variante com o Snapdragon 845″. Avança na publicação inicial. “Contudo, os resultados atuais não fazem qualquer tipo de sentido. Espero que isto seja apenas um erro que será resolvido com o firmware que chegará aos consumidores”.

Em última análise, os Samsung Galaxy S9 e Samsung Galaxy S9 Plus testados pelo site de benchmarks estariam a utilizar uma versão “especial” do sistema. Unidades para demonstração, com um firmware não otimizado para a performance, simplesmente para dar a conhecer o smartphone em si.

Ainda que a marca venha a nivelar as variantes equipadas com o Exynos 9810 (variante europeia). Isto para igualar a performance da variante com o Snapdragon 845. Seja como for, ao consumidor deverá chegar um firmware já perfeitamente otimizado para tirar todo o proveito do novo processador. Assim esperamos.

Assuntos relevantes na 4gnews:

Samsung Galaxy S9 Plus é o melhor smartphone para fotografia – DxOMark

Top 5 smartphones Android abaixo de 250€ – Março 2018

OnePlus 6 e Xiaomi Mi MIX 2S, as próximas flores de Primavera

Fonte |via

Quando não está a escrever um artigo ou a gravar algum vídeo, o Bacelar tem por hábito saborear um bom livro, descobrir novas bandas sonoras ou simplesmente desfrutar do sol, na companhia de quem mais gosta (MM).