Samsung Galaxy S10 Android Samsung Galaxy Note 9 Huawei Honor 10 Samsung Galaxy S10
Poderá o próximo topo de gama da sul-coreana, da linha S, trazer este trunfo?

O Samsung Galaxy S10 será o próximo topo de gama Android a integrar a linha “Galaxy S”, atualmente na sua 9ª geração. Todavia, ainda faltam mais de 6 meses até que o dispositivo possa ser apresentado. Isto, na melhor das hipóteses.

Ainda assim, apesar de faltarem longos meses para a sua apresentação, os rumores em torno deste dispositivo já começam a fervilhar. Aliás, tudo começaria com as declarações de DJ Koh, CEO da divisão mobile da Samsung que durante o Mobile World Congress 2018 mencionou o dispositivo.

Vê ainda: Android. Pré-vendas do Xiaomi Mi 7 começarão ainda em maio

Entretanto ainda teremos a apresentação do Samsung Galaxy Note 9, provavelmente em agosto de 2018. Até lá, segundo os vários rumores em circulação, a marca deverá preparar todos os trunfos para um Samsung Galaxy S10 verdadeiramente espetacular.

Para tal, acredita-se que terminal traga já o leitor de impressões digitais / sensor biométrico embutido no ecrã. Algo que tem vindo a ser sugerido há já vários meses por diversas fontes fontes próximas da indústria.

Samsung Galaxy S10 chega em 2019

Certo que é já mesmo para os S9 tal era sugerido e, como o tempo nos mostrou, não viria a acontecer. Todavia, para 2019 a Samsung terá a tecnologia finalmente madura e sem potenciais fatores de irritação ou inconveniência para o consumidor. Desta forma indo de encontro às palavras de DJ Koh. O CEO desta divisão afirmou que toda a qualquer nova tecnologia só chegará às mãos dos consumidores quando estiver perfeita. Sem qualquer potencial de “empecilho” para o consumidor, algo que tem atrasado a chegada do leitor de impressões digitais sob o ecrã.

Samsung Galaxy S10 Samsung Galaxy S9 Android
Com o nº1 garantido, a marca concentrar-se-á agora no avanço tecnológico. Na imagem, DJ Koh, CEO da divisão mobile

A integração do leitor de impressões digitais / sensor biométrico já no display tem sido um Santo Gral que até ao momento nos ilude. Apesar de estar presente em smartphones como o  Vivo Apex, o dispositivo Android está disponível em pequenas quantidades.

Galaxy S10 pode mudar a face do mercado Android

Na melhor das hipóteses o Galaxy Note 9 seria o primeiro dispositivo Android da maior fabricante mundial de smartphones a integrar tal tecnologia. Ainda assim, esta hipótese permanece remota no melhor dos cenários.

Note-se que até ao momento temos visto alguns relatórios e rumores contraditórios. Alguns sugerem que o Note 9 será o Samsung que mudará o mercado Android, outros apontam esse cenário para o Galaxy S10. De momento, está tudo aberto, ou melhor, estava.

Segundo uma publicação sul-coreana, numa peça avançada também pela Sammobile, o Samsung Galaxy Note 9 não trará este trunfo. A decisão foi tomada pela empresa e será o Samsung Galaxy S10 a trazer o leitor de impressões digitais já sob o ecrã.

A Samsung terá comunicado aos seus fornecedores que abandonou os planos de introdução desta tecnologia no Galaxy Note 9. Em vez disso, chegará ao mercado Android apenas com o Samsung Galaxy S10 no 1º trimestre de 2019.

O portal asiático avança ainda que apesar de a Samsung não ser a primeira a incorporar este tipo de sensores nos seus dispositivos Android, a sua solução será superior. Será mais fiável e supostamente poderá utilizar uma película de proteção no ecrã, não perdendo a utilidade do sensor.

Como funciona o leitor biométrico no ecrã?

Trata-se de um sensor ótico que funciona ao capturar a reflexão da impressão digital, isto através (entre) os pixéis do painel OLED. A implementação do sensor já sob o ecrã é fácil. Todavia, até à data não são sensores precisos, deixando ainda bastante a desejar.

Aqui, a Samsung estará a desenvolver um novo tipo de sensor, ultra-sónico, também para aplicação sob o ecrã. Contudo, a sua solução será muito mais precisa, superando a segurança e precisão das soluções existentes no mercado Android.

Samsung Galaxy S10 Android
O leitor de impressões digitais ou sensor biométrico sob o ecrã poderá ser uma realidade. Aqui no topo de gama para 2019.

O novo sistema da Samsung funciona através da transmissão de um pulsar ultra-sónico para o dedo do utilizador. Parte desse sinal será absorvido e parte voltará para o sensor com as informações sobre as linhas. Com os contornos. Com os sulcos únicos de cada impressão digital.

Samsung poderá implementar o novo sensor no Samsung Galaxy S10

Na prática trata-se de um conceito de funcionamento similar ao do radar. É emitido um sinal, este é parcialmente reflectido. A partir desse sinal que chega novamente ao emissor, é analisado o perfil e informação.

Aqui a Samsung estará a trabalhar num sensor capaz de construir um perfil 3D de cada impressão digital. Construído assim um perfil tridimensional de cada impressão digital (molde 3D). Algo que garante a sua segurança e precisão.

Segundo as fontes próximas da indústria, a fabricante sul-coreana está a desenvolver por si este novo sensor. O objectivo será aplicação não só em smartphones Android mas também em dispositivos do lar como eletrodomésticos.

De momento não sabemos quando é que o Samsung Galaxy S10 chegará ao mercado Android. Depois de algumas fontes sugerirem uma apresentação precoce em janeiro durante a CES 2019. Veríamos também alguma informação contraditória.

Até ao momento ainda não tivemos mais desenvolvimentos sobre o tema.

Assuntos relevantes na 4gnews:

OnePlus 6: Preço do topo de gama Android será agridoce para os fãs

Atlas: O robô que anda, corre, salta e ‘dá mortais’ como os humanos

Apple. Este é o discurso mais inspirador que Tim Cook alguma vez deu

Fonte | Via

Mais na 4GNEWS

Quando não está a escrever um artigo ou a gravar algum vídeo, o Bacelar tem por hábito saborear um bom livro, descobrir novas bandas sonoras ou simplesmente desfrutar do sol, na companhia de quem mais gosta (MM).