Samsung Galaxy Fold4 vai chegar com esta melhoria significativa

Mónica Marques
Comentar

Será a 10 de agosto que a Samsung vai apresentar oficialmente os novos dobráveis Galaxy Flip4 e Galaxy Fold4.

Agora novas imagens revelam que o modelo Fold4 vai chegar com uma melhoria significativa: o vinco no ecrã do terminal está muito menos visível.

Samsung melhora vinco no ecrã do Galaxy Fold4

Fold3 vs Fold4 creases taken at the same angle (intercepted part) pic.twitter.com/iY67S85UEV

— Ice universe (@UniverseIce) 19 de junho de 2022

Em agosto, mais especificamente no dia 10, a Samsung irá realizar um novo evento Unpacked, no qual irá lançar os novos dobráveis Galaxy Flip4 e Galaxy Fold4, assim como a nova geração do seu smartwatch.

Devido à relevância destes produtos no portefólio da marca, estes têm sido alvo de múltiplas fugas de informação que dão pistas sobre o que podemos esperar ver nos dispositivos. Agora novas imagens do Galaxy Fold4 revelam uma melhoria substancial no vinco de ecrã do modelo.

As imagens foram divulgadas pelo leaker Ice Universe que, na rede social Twitter, publicou lado a lado imagens do ecrã do Galaxy Fold3 e do Galaxy Fold4. A diferença é facilmente constatável e verificamos que o vindo está agora menos visível. De acordo com as últimas informações, a marca conseguiu uma melhoria de 20%.

Ainda que os fãs deste terminal nunca se tenham queixado verdadeiramente do vinco existente, a Samsung estava a ficar para trás na corrida da dissimulação do vinco, mas com esta melhoria de 20% deverá consolidar a sua posição de líder no segmento dos smartphones dobráveis.

Alegados benchmarks do Galaxy Fold4 mostram um aumento no desempenho

Samsung Galaxy Fold4
O Samsung Galaxy Fold4 deverá ser apresentado oficialmente a 10 de agosto Crédito@OnLeaks/Smartprix

Entretanto, o site SamMobile detetou o Galaxy Fold4 no site de benchmarking Geekbench com o número de modelo SM-F936U. Nesta listagem é apontado, mais uma vez, que o modelo chegará equipado com o novo chip Snapdragon 8+ Gen 1 e com de até 12 GB de memória RAM.

Mas o melhor de tudo é que os alegados benchmarks sugerem um aumento de desempenho. O modelo testado obteve 1.351 pontos nos testes de núcleo único e 3.808 pontos em testes com vários núcleos.

Recorde-se que o antecessor conseguiu alcançar 1.113 pontos em single core e 3.538 pontos em testes de vários núcleos. A diferença na pontuação deverá traduzir-se num aumento de desempenho do terminal na utilização diária do modelo, no "mundo real".

De resto, espera-se também que o novo dobrável apresente melhorias significativas nos sensores fotográficos integrados, assim como que chegue equipado com uma bateria de 4.400 mAh.

Editores 4gnews recomendam:

Mónica Marques
Mónica Marques
Como jornalista de tecnologia assistiu à chegada do 3G e outros eventos igualmente inovadores no mundo hi-tech ao longo de mais de 20 anos de carreira.