Galaxy Fold é oficial! O primeiro smartphone dobrável da Samsung!

António Guimarães

Há algum tempo que a Samsung anda a fazer "tease" ao mercado com a promessa de um smartphone dobrável. Contudo pareciam rumores longínquos.

Afinal a empresa coreana revelou não brincar em serviço e apresentou-nos hoje no seu evento Unpacked o Samsung Galaxy Fold.

Este equipamento dobrável vem certamente revolucionar o mercado. Marcas como Huawei e Xiaomi já afirmaram também que irão apostar neste tipo de smartphone em 2019.

Samsung Galaxy Fold é finalmente apresentado de forma oficial

Em primeiro lugar podemos ver que o Galaxy Fold assemelha-se a um conjunto de dois smartphones, unidos por uma dobra. Contudo este traz a dobradiça escondida com engrenagens lá dentro. As molduras tradicionais de material sólido do Galaxy Fold parecem terminar mesmo na dobra.

O ecrã é um painel de 4.6 polegadas quando dobrado. Assim que o utilizador desdobra o Fold torna-se num phablet de 7.3 polegadas. A Samsung afirma que esta facilidade de dobra se deve ao Infinity Flex Display.

A continuidade das apps na Interface

Em segundo lugar, vimos como o Galaxy Fold se irá portar a nível de interface. Sabemos que a Google já implementou suporte para smartphones dobráveis no Android.

Nesse sentido, o Galaxy Fold terá a chamada continuidade de apps. Quando tiveres uma aplicação aberta e desdobrares o smartphone, a interface da app irá expandir-se e continuar a funcionar da mesma forma. Apenas num ecrã maior.

Assim sendo, isto representa um enorme potencial para consumo de multimédia e facilidade de acesso. Contudo, como será feito o multitasking?

O Galaxy Fold irá permitir correr até 3 aplicações em simultâneo. Além disso poderás reposicionar as aplicações como quiseres no ecrã através de gestos. Adicionalmente temos a implementação do teclado na interface de uma forma mais confortável.

A empresa coreana mencionou ainda o Youtube Premium, é possível que a subscrição ao serviço da Google venha incluído com o smartphone.

Houve características que a Samsung não aprofundou

Portanto, existe uma questão em relação a um smartphone dobrável que é a bateria. A Samsung resolveu esse problema colocando duas baterias distintas em cada lado do equipamento. Ambas combinam numa capacidade de 4,380 mAh.

Embora a Samsung não tenha especificado o processador que irá utilizar, afirmam que é um CPU de 7 nanómetros. É provável que seja o mais recente Snapdragon 855. Temos o tratamento de som feito pela AKG.

Adicionalmente temos ainda 12 GB de RAM e 512 GB de memória interna incluída. O Galaxy Fold terá ainda suporte para armazenamento flash, o que o torna ainda mais interessante para produtividade.

As câmaras não foram o foco da apresentação

Assim que as câmaras foram mencionadas, o interesse subiu. Principalmente quando foi dito que o Galaxy Fold possui 6 câmaras. Três sensores na parte traseira, um na parte frontal e ainda duas câmaras no interior.

Esta configuração ousada é para permitir que o utilizador possa tirar fotografias a partir de qualquer posição do smartphone. No entanto, as resoluções e capacidades não foram especificadas.

Finalmente temos o preço deste equipamento. O Galaxy Fold irá começar a ser vendido a partir de 26 de Abril com a etiqueta de 1980 dólares.

O Samsung Galaxy Fold chegará em 4 cores diferentes. Black, Space Silver, Marshall Green e Astral Blue. Será possível ainda personalizar a cor da dobradiça.

Em suma, é normal que a Samsung não tenha aprofundado algumas características do Galaxy Fold. A novidade está na dobradiça e toda a tecnologia que a permitiu. A Samsung está a apontar para que o Fold seja a derradeira ferramenta de produtividade e performance.

Editores 4gnews recomendam:

Samsung Galaxy S10 Plus é o smartphone que sempre desejamos

Todas as especificações de todos os Samsung Galaxy S10

Chegou o Samsung Galaxy S10e! O verdadeiro concorrente ao iPhone Xr

António Guimarães
António Guimarães
Juntamente com os seus atuais companheiros Mi A2 e Surface Go, batalha para elucidar as massas sobre todos os acontecimentos da esfera tecnológica. "Informação é poder" é a frase que o acompanha diariamente. Talvez um dia a coloque numa t-shirt.